Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Entrevista: Eduardo Ismael Murguia (2014)
Interview: Eduardo Ismael Murguia

Autores: Mostafa, Solange Puntel

Assuntos: Information Science; Eduardo Ismael Murguia; Ciência da Informação

Resumo: Entrevista: Eduardo Ismael Murguia

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v5i2p164-184

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
135 11 18 164

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Editorial (2017)
Editorial

Autores: Almeida, Marco Antonio de

Assuntos: Information Science; InCID; Revista de Ciência da Informação e Documentação; Ciência da Informação

Resumo: InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, Ribeirão Preto, v. 8, n. 1, mar./ago. 2017

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v8i1p1-3

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
130 17 8 155

Artigo
Cadernos de Informação Jurídica (Cajur)
Contra o preconceito: escrita e leitura dentro e fora: algumas experiências milanesas (2019)

Autores: Secchi, Roberta

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
106 30 8 144

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Mediation and information literacy: propositions for the construction of a protagonist librarian profile (2015)
Mediação e competência em informação: proposições para a construção de um perfil de bibliotecário protagonista

Autores: Farias, Maria Giovanna Guedes

Assuntos: Social protagonism. Librarian. Mediation of information. Information literacy.; Ciências Sociais Aplicadas; Ciência da Informação; Protagonismo social; Bibliotecário; Mediação da informação; Competência em informação

Resumo: Presents propositions, from a research project in progress for the development of a protagonist librarian profile, with the subsidies the theoretical and conceptual constructs of mediation and information literacy. Employs as a methodological resource review of literature classics and contemporary authors on the thematic focus as well as the teaching experience in the discipline of information services. We conclude that to understand the need to integrate multiple knowledge using the concepts of information mediation, developing a set of knowledge and skills (skills), the librarian may feel increasingly prepared to meet the needs of users, and this shape, feel protagonist of their work activities, preparing users to become progressively independent in accessing and using the information they need, thus promoting actions that benefit everyone, librarians and users of information services.

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v6i2p106-125

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
83 8 14 105

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Em busca dos temas perdidos (2014)

Autores: Lemos, Antonio Agenor Briquet de

Assuntos: Ciência da Informação; Briquet de Lemos; Fórum Formação do Profissional da Informação; Desafio Contemporâneo

Resumo: Apresentação feita no fórum Formação do Profissional da Informação: Desafio Contemporâneo, no dia 26 de maio de 2014, organizado pelo Departamento de Biblioteconomia e Documentação da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v5i2p34-50

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
54 15 36 105

Artigo
Revista ACB - v.21 - n.3 - p.62
Afrocentricidade: discutindo as relações étnico-raciais na biblioteca (2016)

Autores: Gomes, Elisangela (Universidade Federal de Goiás (UFG))

Assuntos: Papel social da biblioteca; Relações étnico-raciais; Afrocentricidade;

Resumo: Este artigo investiga o potencial da/o profissional bibliotecária/o atuante em bibliotecas para a promoção da equidade racial através do pensamento afrocêntrico. Tem como objetivo analisar o papel social da biblioteca e discutir a temática étnico-racial dentro da proposta de recursos e serviços já oferecidos, sendo esses mediados pela/o bibliotecária/o no oficio cotidiano da profissão. Como procedimento metodológico, o devido trabalho utiliza-se da pesquisa exploratória com a finalidade de compreender os conceitos e características da filosofia afrocentrada e sua aplicabilidade no ambiente da biblioteca, no que tange o conhecimento, valorização e disseminação da história e cultura afro-brasileira e africana.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
70 13 3 86

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.14 - n. - p.86
Desenvolvimento e disseminação do ensino de Biblioteconomia no Brasil e em São Paulo: uma análise espaço-temporal (2018)

Autores: Souza, Ágata Nelza Gomes de (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP))

Assuntos: Ensino; Biblioteconomia; Brasil; São Paulo; FESPSP;

Resumo: Discorre, através do viés histórico, sobre o ensino de Biblioteconomia no Brasil e traz à tona um recorte mais específico sobre a prática no contexto paulistano.  Denota os primórdios do ensino biblioteconômico no país, relacionando-o à presença religiosa no Brasil colonial e sua relação com a prática da “guarda do saber”. Trata também do processo de transformação ocorrido nas bibliotecas e sobre seu ensino humanista – sobretudo, no ambiente da Biblioteca Nacional –, que aos poucos foi substituído por um enfoque mais técnico – oriundo da conjuntura norte-americana. O encadeamento histórico apresentado tem como desfecho a disseminação do ensino de Biblioteconomia por vários estados brasileiros, com destaque para São Paulo. Converge para uma reconstrução do desenvolvimento institucional da Faculdade de Biblioteconomia e Ciência da Informação localizada na Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo –  FaBCI/FESPSP – desde sua fundação em 1940, construindo uma análise temporal das principais mudanças no formato do ensino de Biblioteconomia da instituição.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
59 16 1 76

Artigo
Revista ACB - v.20 - n.3 - p.58
O ensino de representação temática da informação a distância: a experiência da universidade de Caxias do Sul – UCS The thematic representation of education information distance: the experience of South University Caxias (2015)

Autores: Silveira, João Paulo Borges da (Universidade de Caxias do Sul - UCS e Universidade Federal do Rio Grande - FURG.)

Assuntos:

Resumo: O ensino de Biblioteconomia inicia no Brasil em 1915, com a primeira turma da Biblioteca Nacional com disciplinas de cunho humanístico. A partir dai surgiram outros cursos, como o do Instituto Mackenzie em 1929, seguindo a corrente norte-americana de cunho técnico e que já implantava em seu currículo disciplina de classificação bibliográfica. Os cursos de Biblioteconomia no país possuem currículo mínimo estipulado desde 1962. Desde então o ensino de Representação Temática da Informação e mais especificamente o ensino da Classificação Decimal de Dewey – CDD é conteúdo essencial e obrigatório para a formação de bacharéis em Biblioteconomia. Até 2013, todos os cursos de Biblioteconomia no Brasil eram na modalidade de ensino presencial, sendo a Universidade de Caxias do Sul – UCS a instituição a implantar o primeiro curso na modalidade a distância. O presente trabalho visa relatar a experiência da segunda oportunidade que a disciplina de Representação Temática I foi oferecida na educação a distância no país pela UCS, modalidade nova na Biblioteconomia brasileira e que tem ganhado novos alunos a cada ingresso, principalmente de estudantes que não conseguiam realizar o curso de forma presencial devido a distância dos grandes centros, onde os cursos em sua maioria são ofertados.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
65 3 4 72

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.14 - n.2 - p.83
O bibliotecário e a percepção do seu espaço físico e ambiental (2018)

Autores: Conte, Selma Regina Ramalho (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: Percepção; Espaço físico e ambiental; Ambiente organizacional; Bibliotecários;

Resumo: A complexidade da natureza humana revela as diversas formas de relacionamento do homem com o mundo. A percepção do espaço físico e ambiental influencia os sentidos e altera as funções cognitivas. Esta preocupação está presente também dentro das bibliotecas, onde o bibliotecário tem seu próprio espaço físico e ambiental comumente colocado em segundo plano, esquecendo-se que a satisfação deste reflete-se nos serviços prestados aos usuários. Isto posto, busca-se, com um levantamento na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD), identificar, por meio de uma estratégia metacognitiva, pesquisas que abordem essa relação. Verifica-se, ainda, na Arquitetura os detalhamentos sobre espaços necessários para as áreas destinadas ao trabalho em bibliotecas; e, na ergonomia a concepção de ambientes responsivos às atividades desempenhadas,  a partir de uma abordagem fenomenológica que atenta aos modos pelos quais os sentidos são afetados pelo meio. Com isto pretende-se obter argumentos para estruturar uma mudança de conceitos na formulação dos espaços para os bibliotecários tendo como evidência a satisfação destes profissionais.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
54 13 3 70

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.10 - n.1 - p.17
A cultura da informação nas bibliotecas públicas brasileiras (2014)

Autores: Santos, Josiel Machado

Assuntos: Public Library; Information culture; Information Society;

Resumo: Desde o Brasil Colônia, as bibliotecas públicas brasileiras pouco contribuíram para a democratização do acesso à informação. Na Sociedade da Informação, o papel da biblioteca pública passa a ser de vital importância na medida em que pode se tornar o grande centro disseminador da informação, atuando principalmente para diminuir as desigualdades existentes na sociedade brasileira. O estudo objetiva destacar as funções da biblioteca pública ao longo do tempo e sua permanente sintonia com os processos sociais, bem como abordar as atuais tecnologias da informação e comunicação no cotidiano dos cidadãos enquanto usuários, e por fim, caracterizar sua atuação e realidade dentro da Sociedade da Informação. Para o desenvolvimento desse estudo a metodologia utilizada foi uma pesquisa básica, com abordagem qualitativa-indutiva, objetivamente exploratória a partir de uma pesquisa bibliográfica. Concluiu-se que já que não conseguiu “ser tudo para todos”, a biblioteca pública pode segmentar o mercado e oferecer produtos e serviços racionalmente estruturados de acordo com as necessidades informacionais da comunidade.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
41 24 3 68

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.16 - n. - p.93
Biblioteca comunitária: conceitos, relevância cultural e políticas (2020)

Autores: Alves, Mariana de Souza (Universidade Federal de Pernambuco (UFPE))

Assuntos: Community library; Cultural action; Readings mediation; Public policy – Pernambuco

Resumo: Apresenta, por meio de uma pesquisa exploratório-bibliográfica, considerações acerca do conceito, relevância cultural e políticas públicas das bibliotecas comunitárias. Analisa o que se compreende por biblioteca comunitária e suas relações com a biblioteca pública e popular, bem como os motivos que provocaram o seu surgimento. Destaca a importância da biblioteca pública e da biblioteca comunitária como dispositivos de educação e cultura para a formação de pessoas leitoras, cidadãs e cidadãos mais conscientes, e para o desenvolvimento local das comunidades. Por fim, discute as políticas realizadas para área do livro e leitura e biblioteca e identifica que a maioria delas foi realizada através de ações governamentais, especialmente por iniciativa do governo federal entre os anos de 2003 a 2016, fortalecendo a construção de políticas de Estado para a área do livro, leitura e bibliotecas graças ao empenho e a mobilização social de coletivos e da sociedade civil.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
56 9 1 66

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.11 - n. - p.73
A Interdisciplinaridade da biblioteconomia a partir da sua historicidade curricular (2015)

Autores: Moraes, Marielle Barros de

Assuntos: Interdisciplinarity in the Librarianship; Training of librarians; Library Science curriculum;

Resumo: Analisa a interdisciplinaridade da Biblioteconomia a partir dos currículos de formação do bacharel, desde o primeiro curso até a implantação do Currículo Mínimo no Brasil para a Biblioteconomia. Assim sendo, discutimos como vem se expressando, na historicidade das matrizes curriculares, a interdisciplinaridade na Biblioteconomia. Como objetivo, buscamos perceber a interdisciplinaridade da Biblioteconomia brasileira por meio da historicidade de suas matrizes curriculares. Para tanto, partimos de uma pesquisa exploratória acerca do conceito de disciplinaridade e seus vários prefixos: inter, multi, pluri e trans, para, depois, apresentar um percurso teórico sobre a interdisciplinaridade da Biblioteconomia. O estudo das matrizes curriculares foi feito através da Análise de Conteúdo. Com a aplicação do método, percebemos que, na historicidade das matrizes curriculares analisadas, a interdisciplinaridade está presente desde o currículo do primeiro curso. A inserção de disciplinas interdisciplinares, em quaisquer currículos, é uma busca de religar os saberes, a fim de superar o pensar fragmentado. E a Biblioteconomia, como uma área que dialoga com todas as outras, devido à sua práxis, não poderia ter um currículo voltado para si, uma vez que esta prática não favoreceria sua práxis, a qual é interdisciplinar por excelência.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
53 7 3 63

Artigo
Revista ACB - v.20 - n.2 - p.57
Competências profissionais para atuação bibliotecária na área cultural Competences professionals for working in library in the cultural area (2015)

Autores: Chaves, Mayco Ferreira (Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA))

Assuntos: Bibliotecário; Cultura; Competência Profissional; Formação Profissional

Resumo: Apresenta os resultados da pesquisa feita com bibliotecários, buscando identificar as habilidades e competências necessárias a este profissional que deseja atuar na área da cultura e uma breve discussão acerca dos conceitos de habilidades e competências, cultura e a atuação bibliotecária na área cultural. A pesquisa desenvolvida neste trabalho é do tipo bibliográfica e exploratória, o método de abordagem da pesquisa utilizado para o desenvolvimento do trabalho foi qualitativa e para a coleta de dados utilizou-se questionário aberto. Com os resultados obtidos, destaca-se a importância e contribuição que o bibliotecário pode oferecer a área cultural, sendo este um profissional que lida com as atividades do ciclo informacional, podendo atuar nas atividades culturais, desde a criação até a difusão cultural

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
46 13 4 63

Artigo
Informação@Profissões
Bibliotecários das forças armadas: perfis e concepções (2018)

Autores: Finamor, Márcio da Silva (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia-IBICT/UFRJ)

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: Neste artigo procura-se conhecer o perfil dos bibliotecários(as) militares das Forças Armadas, evidenciando as práticas dos bibliotecários, seu perfil, seus afazeres do dia a dia, tanto no âmbito da Biblioteconomia como na própria Força Armada. Objetivo: Traçar um breve panorama do perfil dos bibliotecários(as) militares das Forças Armadas, verificando as diferenças, as semelhanças e a realidade dos bibliotecários(as) militares e fazendo um pequeno comparativo com os bibliotecários(as) civis. Metodologia: Optou-se pelo método descritivo e analítico do perfil dos bibliotecários(as) das Forças Armadas. Para a coleta dos dados, foi utilizado um pequeno questionário com perguntas abertas e fechadas. Na coleta e compilação dos dados foi utilizada a ferramenta “surveymonkey”. Resultados: Bibliotecários(as) militares, além de exercerem o ofício de sua profissão, exercem outras atividades militares ou associadas. As atividades da Biblioteconomia não são diferentes em cada Força Armada, parece-nos similar às das outras Forças como também às executadas por civis. O que difere são as atividades militares (em geral) que os civis não executam e também as responsabilidades de gestão organizacional, gerência de pessoas e de outros departamentos, além da Biblioteca ou da Unidade de Informação. Conclusões: Conclui-se que os bibliotecários(as) militares exercem papéis estratégicos em conjunto com a Força, exercendo grandes influências através da gestão da informação e serviços informacionais sobre inúmeras atividades de apoio à organização militar e nas tomadas de decisões. É fundamental que a formação do bibliotecário contemple em seus currículos disciplinares o horizonte crítico e habilidades de antecipar ameaças.   

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
55 4 2 61

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.15 - n. - p.92
Blockchain: solução inovadora em bibliotecas? (2019)

Autores: Pires, Erik André de Nazaré (Universidade Federal do Pará (UFPA))

Assuntos: Blockchain; Tecnologia; Inovação; Bibliotecários; Educação Permanente;

Resumo: O presente artigo tem no seu cerne tratar a respeito de uma tecnologia que poderá ocasionar impacto considerável nas atividades profissionais desenvolvidas pelos bibliotecários, traz como Objetivo Geral: Mostrar quais são as maneiras que as bibliotecas podem fazer uso dessa tecnologia e nos Objetivos Específicos, têm-se: Apresentar a tecnologia blockchain sob os aspectos de sua conceituação e características e Expressar de que forma o uso desse aporte tecnológico pode ser um diferencial para o bibliotecário. Como procedimento metodológico, foi adotada a pesquisa bibliográfica, com abordagem sob os alicerces da pesquisa exploratória. Na esfera da importância de estudar esse assunto, podemos mencionar o fato dessa tecnologia ser recente e ainda não ter sido aplicada com efetividade nas bibliotecas no Brasil, além de poder ser um contributo significativo para a Biblioteconomia nacional. Dessa forma chega-se ao problema da pesquisa: Como essa tecnologia pode potencializar o trabalho do bibliotecário? Desse modo, observa-se que a referida tecnologia pode ser utilizada com potencial de qualificar o bibliotecário no seu âmbito de atuação, pois apresenta características que ocasionam credibilidade na sua utilização, além de conter aspectos que podem ser usados como por exemplo, para o empreendedorismo, o que permiti concluir que o bibliotecário deve investir na educação permanente de maneira que o uso e conhecimento de determinadas tecnologias são fundamentais para o bibliotecário se tornar um profissional gabaritado e qualificado para o mercado de trabalho.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
29 20 2 51

Artigo
Revista ACB - v.23 - n.3 - p.69
Biblioterapia como recurso para a formação humana do bibliotecário (2018)

Autores: Sousa, Carla

Assuntos: Biblioterapia; Leitura terapêutica; Bibliotecário; Formação profissional; Humanização;

Resumo: Neste artigo, abordo o tema da Biblioterapia, entendida como o cuidado com o ser humano por meio das histórias literárias, no contexto da formação humana com destaque para o profissional de Biblioteconomia. Apresento o conceito de Educação humanizadora de Paulo Freire e do papel da literatura enquanto recurso humanizador. Destaco algumas iniciativas de universidades brasileiras que incluem a Biblioterapia nos cursos de Biblioteconomia e concluo que a Biblioterapia é um recurso útil para a formação humana do bibliotecário. 

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
36 12 2 50

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.12 - n. - p.74
Instituto Itaú Cultural: organização do acervo audiovisual analógico e digital (2016)

Autores: Lorenzi, Felipe Julio (FESPSP - Fundação Escola de Sociologia e Política)

Assuntos: Acervo audiovisual; Arquivos digitais; Instituto Itaú Cultural; Obsolescência tecnológica;

Resumo: O presente trabalho se propõe a descrever o processo de organização das mídias digitais e analógicas do acervo audiovisual pertencente ao Instituto Itaú Cultural, realizado no período de 2013 a 2015. Para tanto, descreve a estratégia adotada e a execução do projeto.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
38 9 1 48

Artigo
Cadernos de Informação Jurídica (Cajur)
Desafios profissionais dos bibliotecários jurídicos relacionados à formação acadêmica pela Universidade de Brasília (2018)

Autores: Silva, Letícia Cintra

Assuntos: Bibliotecário jurídico; Biblioteconomia; Universidade de Brasília

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
36 10 1 47

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.11 - n. - p.73
Políticas para representação descritiva: ponderações para discussão (2015)

Autores: Sousa, Brisa Pozzi de (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO))

Assuntos: Política de Representação Descritiva; Catalogação – Fundamentação de Política; Bibliotecas – Política de Catalogação

Resumo: Aborda a necessidade de discutir a fundamentação sobre a temática Política de Representação Descritiva. A metodologia consiste na forma exploratória que cubra a referida temática e os resultados demostram reduzido número de publicações sobre o assunto. A área de Catalogação, ao estar atrelada aos instrumentos adotados em bibliotecas, delimita-se na prática do fazer e, comumente, na execução das normas de catalogação. Uma nova dimensão precisa ser assumida e o desafio consiste em alinhar as segmentações e generalizações do processo empírico aos aportes teóricos.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
37 6 4 47

Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.15 - n.3 - p.91
A aplicação de sanções em bibliotecas universitárias: um estudo de caso da Biblioteca Central da Universidade Federal Rural de Pernambuco (BC-UFRPE) (2019)

Autores: de Gouveia, Rafael Vieira (Universidade Salgado de Oliveira)

Assuntos: Fines - University Libraries; Penalties - University Libraries; Alternative Penalties - University Libraries;

Resumo: Esta pesquisa objetivou explorar o tema da aplicação de sanções em bibliotecas, mais especificamente, da aplicação de sanções em bibliotecas universitárias. Para tanto, a investigação compreendeu a revisão de literatura sobre o tema nas áreas de biblioteconomia e direito e o estudo de caso da Biblioteca Central da Universidade Federal Rural de Pernambuco (BC-UFRPE). O estudo de caso ocorreu mediante o levantamento de informações no portal oficial do Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal Rural de Pernambuco (SIB-UFRPE) e com a aplicação de questionários ao bibliotecário diretor e aos usuários da BC-UFRPE, a fim de verificar as suas respectivas posturas e percepções no que toca à aplicação de sanções. Constatou-se, com base na literatura, que as bibliotecas universitárias brasileiras, no geral, mantêm posturas tradicionais em relação às sanções, que se materializam nesses espaços como punições. Dessa forma, com a realização do estudo de caso, tomou-se conhecimento de que a BC-UFRPE vem nos últimos anos trabalhando a sanção agregada a um projeto maior, não como um recurso meramente punitivo, o que acaba por contribuir com a educação e a formação da comunidade de usuários.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
26 18 1 45

Refinar busca