Artigo
Informação@Profissões
Catalogação e tecnologia: interseções com a Web Semântica (2018)

Autores: Arakaki, Felipe Augusto (IFSP/UNESP); Simionato, Ana Carolina (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)); Santos, Plácida Leopoldina Ventura Amorim da Costa (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP))

Assuntos: Catalogação, Tecnologia, Web Semântica

Resumo: Introdução: Os ambientes digitais se constituem em espaços importantes para geração e recuperação de recursos informacionais. Nesse contexto, é importante que o bibliotecário conheça as tecnologias disponíveis para melhorias nos processos de descrição, importação, transmissão, organização, indexação, armazenamento, localização, recuperação, visualização e preservação dos recursos informacionais.  Objetivo: Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é apresentar a inserção da tecnologia e suas projeções para Catalogação. Metodologia: O método utilizado consiste em uma análise exploratória da literatura disponível sobre o tema proposto, permitindo a construção de um conhecimento teórico sobre a Catalogação frente as tecnologias, auxiliando na compreensão do contexto apresentado. Resultados: Como resultados é apresentado um panorama das mudanças do processo da Catalogação influenciado principalmente da proposta da família dos Requisitos Funcionais (FR) e da Web Semântica, em especial do Linked Data. Conclusões: Considera-se que o impacto da tecnologia sobre as atividades do bibliotecário, proporciona maior agilidade no processo de alimentação do catálogo.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
67 6 2 75

Artigo
Informação@Profissões
Bibliotecários das forças armadas: perfis e concepções (2018)

Autores: Finamor, Márcio da Silva (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia-IBICT/UFRJ)

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: Neste artigo procura-se conhecer o perfil dos bibliotecários(as) militares das Forças Armadas, evidenciando as práticas dos bibliotecários, seu perfil, seus afazeres do dia a dia, tanto no âmbito da Biblioteconomia como na própria Força Armada. Objetivo: Traçar um breve panorama do perfil dos bibliotecários(as) militares das Forças Armadas, verificando as diferenças, as semelhanças e a realidade dos bibliotecários(as) militares e fazendo um pequeno comparativo com os bibliotecários(as) civis. Metodologia: Optou-se pelo método descritivo e analítico do perfil dos bibliotecários(as) das Forças Armadas. Para a coleta dos dados, foi utilizado um pequeno questionário com perguntas abertas e fechadas. Na coleta e compilação dos dados foi utilizada a ferramenta “surveymonkey”. Resultados: Bibliotecários(as) militares, além de exercerem o ofício de sua profissão, exercem outras atividades militares ou associadas. As atividades da Biblioteconomia não são diferentes em cada Força Armada, parece-nos similar às das outras Forças como também às executadas por civis. O que difere são as atividades militares (em geral) que os civis não executam e também as responsabilidades de gestão organizacional, gerência de pessoas e de outros departamentos, além da Biblioteca ou da Unidade de Informação. Conclusões: Conclui-se que os bibliotecários(as) militares exercem papéis estratégicos em conjunto com a Força, exercendo grandes influências através da gestão da informação e serviços informacionais sobre inúmeras atividades de apoio à organização militar e nas tomadas de decisões. É fundamental que a formação do bibliotecário contemple em seus currículos disciplinares o horizonte crítico e habilidades de antecipar ameaças.   

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
55 4 2 61

Artigo
Informação@Profissões
Gestão da Informação: análise bibliométrica dos trabalhos de conclusão de curso de Biblioteconomia da UFF e UFRJ (2018)

Autores: Souza, Luana Quintal de (Universidade Federal Fluminense (UFF)); Vogel, Michely Mamede Jabala (Universidade Federal Fluminense (UFF))

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: No atual ambiente tecnológico e globalizado, com a informação sendo compartilhada em tempo real, surge a necessidade de realizar atividades e processos que possibilitem gerenciar de forma eficaz o fluxo informacional. Ao identificar essa necessidade, as organizações buscam investir em recursos humanos. O Bibliotecário, como profissional da informação, tem a capacidade de trabalhar com o ciclo de vida da informação de maneira eficiente, proporcionando vantagem para as organizações em que atua. Objetivo: Busca identificar os Trabalhos de Conclusão de Curso de Biblioteconomia e Documentação da Universidade Federal Fluminense e da Universidade Federal do Rio de Janeiro, para levantar o estudo do tema Gestão da Informação na graduação.  Metodologia: Empregou-se a pesquisa bibliográfica para estabelecer o referencial teórico e a Bibliometria para a mensuração da produção, realizando a pesquisa nos catálogos e repositórios das instituições escolhidas e organizou os dados em planilha, a fim de elaborar gráficos e quadros que identifiquem a cronologia da produção, qual instituição produziu mais sobre o tema, o uso de palavras-chave utilizados pelo autor comparados aos termos utilizados no processamento técnico para identificar os assuntos, e análise das referências mais utilizadas pelos alunos. Resultados:  Ao todo foram analisados nove trabalhos, defendidos entre o ano de 2004 e 2014, os quais utilizaram ao todo 339 referências, 251 autores, com uma variação de 12 tipos documentais e foi identificado o uso ade 27 palavras-chave e 24 assuntos. Conclusão: Concluiu-se que ainda são poucas as pesquisas sobre o tema na graduação de biblioteconomia, porém acredita-se na relevância do tema por ser uma das atuações do Bibliotecário.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
18 7 1 26

Artigo
Informação@Profissões
Atuação do bibliotecário junto a população em situação de rua (2018)

Autores: Gonçalves, Shirlei Rossato Pelarin (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)); Gracioso, Luciana de Souza (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)); Silva, Carla Regina (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar))

Assuntos: Bibliotecário, População em Situação de Rua, Sociedade.

Resumo: Introdução: Muitos direitos são renegados as pessoas que vivem em situação de rua no Brasil, dentre eles, o direito de acesso ao livro e a leitura. Objetivo: Foi objetivo desta pesquisa discutir o lugar do Bibliotecário enquanto promotor e participante de ações de promoção e acesso ao livro e a leitura para pessoas nesta situação. Metodologia: Trata-se de pesquisa exploratória, com base em pesquisa bibliográfica e documental e observação participante em projeto de extensão intitulado “Memória falada” desenvolvido pela Universidade Federal de São Carlos, junto a Casa de Passagem do município de São Carlos. Resultados: Os resultados apontam para a necessidade de uma formação mais crítica a ser ofertada ao profissional bibliotecário de modo que o mesmo possa se sensibilizar e atuar politicamente com questões que envolvem a sociedade. Conclusão: Demonstra como é possível, na prática, que o Bibliotecário atue junto a setores públicos para o desenvolvimento de projetos sociais.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 9 1 10

Artigo
Informação@Profissões
A Competência comunicativa na administração discursiva de organizações (2018)

Autores: Lima, Clovis Ricardo Montenegro de (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)); Moreira, Fernanda Kempner- (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Günther, Helen Fischer (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Lima, José Rodolfo Tenório de (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar))

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: Discute-se a abordagem discursiva da administração das organizações, uma ciência que é embasada em escolhas racionais de fins e de meios, mas que pode (e deve) ter elementos de crítica.  Objetivos: Desenvolver uma abordagem discursiva da administração para, adiante de deslocar os fundamentos teóricos, também construir referências para uma gestão humanista e eficaz. Metodologia: Parte-se do contraponto metodológico entre a Teoria do Agir Comunicativo de Habermas e a Teoria de Sistemas de Luhmann para evidenciar o potencial do discurso dos participantes dos sistemas entre si e com o entorno. Resultados: Evidencia-se as possibilidades do agir comunicativo dentro dos sistemas através da linguagem e da argumentação e, notadamente, a problematização e a aprendizagem nas organizações que compõe a competência comunicativa. Para a argumentação é necessário vontade e intencionalidade, mas também a competência comunicativa, que possibilitam a reconstrução racional necessária ao desenvolvimento da administração discursiva.  Conclusões: aprofundamos a discussão da administração discursiva e identificamos saídas reconstrutivas para essa prática em prol da humanização das organizações. A competência discursiva fundamenta-se no uso da linguagem e na comunicação que cria vínculos mediante entendimento e acordos e firma o discurso como uma forma especial de interação. A competência comunicativa integra linguagem, gestos e ritualidade.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
5 2 1 8

Artigo
Informação@Profissões
Proposta de um manual de indexação para bibliotecas universitárias (2018)

Autores: Silva, Rafaela Carolina da (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)); Brito, Jean Fernandes (Universidade Federal de Santa Catarina - Programa de Pós Graduação em Ciência da Informação)

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: A eficácia da recuperação depende uma boa indexação e a precisão das linguagens documentárias, que são determinadas neste processo. A indexação é uma atividade que visa não só determinar o assunto de um documento, mas representá-lo por meio de uma linguagem documentária. Objetivos: Assim objetiva-se, neste artigo, propor um guia de indexação para bibliotecas universitárias, a fim de contribuir para com o desempenho das atividades de organização e disseminação da informação já implantados nessas localidades. Metodologia: O estudo caracteriza-se por uma revisão de literatura e pelo estudo do Vocabulário Controlado utilizado pela Universidade de São Paulo (USP), dado à grande replicação desse vocabulário por outras instituições universitárias. Resultados: Temos como resultado dessa pesquisa um manual com recomendações de política de indexação para bibliotecas universitárias. Conclusões: Para um efetivo desempenho no processo de indexação as medidas pré-estabelecidas deverão ser tomadas para a realização de um entrosamento entre o sistema de informação e a relação com os usuários. A eficácia da recuperação depende de uma boa indexação e da precisão das linguagens documentárias, que são determinantes nesse processo. 

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
6 0 1 7

Artigo
Informação@Profissões
Design thinking na elaboração de uma proposta de sinalização da Biblioteca Universitária da UFCA: relato de pesquisa (2019)

Autores: Roque, Isaac Brito (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Vieira, David Vernon (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação. Biblioteconomia.; Design Thinking. Biblioteca Universitária. Sinalização. Ferramentas.

Resumo: Introdução: Diante das mudanças ocorridas nos últimos anos no ambiente das bibliotecas universitárias a gestão deste espaço se depara com um novo tipo de usuário já acostumado com a tecnologia da informação que criou novos anseios. A sinalização deve então ser pensada para esse tipo de usuário bem como ampliar também para a questão da acessibilidade assim, é importante rever os serviços e produtos oferecidos pela biblioteca dentro deste enfoque. Objetivo: Apresentar um relato de pesquisa sobre a concepção de soluções de sinalização utilizando ferramentas do Design Thinking com o engajamento de usuários da Biblioteca Central da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Metodologia: De natureza qualitativa o estudo compreendeu a utilização de um grupo focal onde foram entrevistados dez usuários da Biblioteca Universitária da UFCA. De natureza prática e com objetivos exploratórios, sua abordagem foi no formato de pesquisa-ação, visando promover a cooperação dos usuários da biblioteca do Campus de Juazeiro do Norte na concepção de soluções de sinalização do ambiente. Resultados: Percebeu-se um engajamento colaborativo entre os participantes, envolvendo-os de maneira protagonista e entusiasmada para os desafios de identificar os problemas e propor soluções para a biblioteca. A utilização das etapas e das ferramentas do Design Thinking, ainda que registradas de maneira linear, procurou se adequar ao processo de maneira satisfatória segundo o relato do próprio grupo focal. Conclusões: A colaboração entre as disciplinas de Design e a Ciência da Informação representa uma oportunidade para aproximar a prática do Design Thinking com intuito de otimizar sistemas de sinalização de bibliotecas, embora tenha se demonstrado que os métodos abordados são capazes de alcançar soluções ainda mais amplas. Sobretudo, o principal destaque a se considerar é a inserção dos usuários como parte fundamental no planejamento e estratégias do campo da ciência da informação.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Organização, representação e recuperação da informação: criação da base de dados monográficos do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri (2019)

Autores: Nascimento, Maria Vanessa do (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Mota, Denysson Axel Ribeiro (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Martins, Gracy Kelli (Universidade Federal da Paraíba (UFPB))

Assuntos: Ciência da Informação, Biblioteconomia.; Representação e recuperação da informação e do conhecimento. Base de Dados. Monografias.

Resumo: Introdução: Por ser uma atividade presente na sociedade desde a antiguidade, a organização, representação e consequentemente a recuperação da informação e do conhecimento se tornaram práticas essenciais ao dia-a-dia. A área da Biblioteconomia por ter no seu escopo teórico e prático disciplinas que visam o ensino de técnicas de organização e representação muito pode ajudar na organização de parte dessas informações inclusive durante o processo de construção de repositórios institucionais. Objetivo: Apresentar a criação da base de dados monográficos do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri, mediante a abordagem dos processos de representação e recuperação da informação e do conhecimento na construção de repositórios institucionais. Metodologia: Teve como métodos a pesquisa bibliográfica e descritiva, e abordagem qualitativa. Foram utilizados os procedimentos de elaboração de Diagrama Entidade-Relacionamento e posterior modelagem do Banco de Dados em MS Access, devido à facilidade de uso e criação de telas. Resultados: A base de dados criada traz benefícios e elementos de representação que em repositórios institucionais tradicionais não contém, permitindo análises diferenciadas dentro do curso. Conclusões: O uso de técnicas de representação e recuperação da informação, aliadas às tecnologias, possibilitou a construção da representação da base de dados monográficos do Curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri. Isto abre caminho para posterior construção de Repositório Institucional que agrupe os dados científicos e de memória das monografias do Curso.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Políticas públicas para bibliotecas escolares: análise na Secretaria Municipal de Educação de Juazeiro do Norte-CE (2019)

Autores: Almeida, Gracione Batista Carneiro (Universidade Regional do Cariri (UFCA)); Silva, Jonathas Luiz Carvalho (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação, Biblioteconomia.; Políticas públicas. Biblioteca Escolar. Educação.

Resumo: Introdução: Aborda uma reflexão sobre as políticas públicas para bibliotecas escolares, levando em consideração os aspectos sociais e políticos desse espaço. O problema que norteia a pesquisa é compreender como tem se desenvolvido a atuação da Secretaria Municipal de Educação de Juazeiro do Norte-CE no que se refere à proposição de políticas públicas para bibliotecas escolares. Objetivo: Neste sentido, o objetivo geral consiste em investigar como se dá as políticas públicas para bibliotecas escolares nesta Secretaria, visando propor um programa para estes espaços. Metodologia: Este trabalho é resultado da pesquisa apresentada no Mestrado Profissional em Biblioteconomia da Universidade Federal do Cariri- UFCA, apresentando-se como descritiva e exploratória, bibliográfica e documental, delimitando-se a estudo de caso. Em relação a natureza dos dados, este estudo se configura como quantitativo e qualitativo. Resultados: Os instrumentos de coleta de dados são questionários e entrevistas, já a análise dos dados será através da análise de conteúdo. Conclusões: Neste sentido, conclui-se que a Secretaria Municipal de Educação apresenta diversas deficiências no que tange as políticas públicas para bibliotecas escolares, como: a ausência de políticas internas, a falta de um profissional bibliotecário, a falta de um sistema integrado de bibliotecas escolares, a utilização de forma inadequada das políticas existentes, dentre outras.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Interface entre as Mídias Sociais e a Memória Institucional (2019)

Autores: Santos, Waneska Cardoso dos (Universidade Estadual de Londrina (UEL)); Molina, Letícia Gorri (Universidade Estadual de Londrina (UEL)); Santos, Juliana Cardoso dos (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP))

Assuntos: Ciência da Informação

Resumo: Introdução: Mídias sociais são sistemas projetados para possibilitar a interação social a partir do compartilhamento e da criação colaborativa de informação nos mais diversos formatos. Com o intuito de identificar a importância das mídias sociais no contexto industrial, este ensaio teórico aborda a temática mídias sociais como interface para socialização da memória institucional potencializando o crescimento da indústria Objetivo: Objetivou-se com este estudo evidenciar por meio da literatura, a importância das mídias sociais e da socialização da memória institucional neste ambiente híbrido e competitivo. Metodologia: Este estudo configura-se como descritivo exploratório, e como método elencou-se o ensaio teórico, que permitiu compreender melhor o objeto e os fenômenos investigados Resultados: e como método elencou-se o ensaio teórico, que permitiu compreender melhor o objeto e os fenômenos investigados. Foi possível, por meio da análise da literatura, verificar que as mídias sociais constituem um ambiente comunicativo, formativo e informativo que congrega diversos atores que constroem e reconstroem a identidade da instituição, ou seja, sua memória. Considerações Finais: Além disso, considera-se importante que as instituições se esforcem e reconheçam as mídias sociais como lugares de compartilhamento da memória institucional, de informações e conhecimentos, que potencializam a tomada de decisão, pois dada a conexão global, e seu uso massivo destas ferramentas é importante que a reconheçamos como elemento de desenvolvimento institucional, industrial e humano.Descritores: Mídias Sociais. Memória Institucional. Desenvolvimento Industrial. Competitividade.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Preprints na comunicação científica: proposta de modelo para aceleração do sistema de comunicação científica (2019)

Autores: Silva, Hemerson Soares da (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Lazzarin, Fabiana Aparecida (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação. Biblioteconomia.; Comunicação científica. Repositórios digitais preprints. Modelo de aceleração.

Resumo: Introdução: trate-se da criação de um modelo de aceleração do fluxo de comunicação científica empregando os repositórios digitais preprints. Objetivo: elaborar um modelo como meio para otimização do sistema de comunicação científica, empregando os seguintes objetivos específicos: a) refletir sobre aos aspectos teórico-conceituais a respeito dos meios de comunicação utilizado no sistema de comunicação científica; e, b) investigar possíveis caminhos alternativos para a aceleração do fluxo de comunicação científica. Metodologia: traça-se o percurso metodológico fundamentando-se no pensamento funcionalista, utilizando-se da pesquisa bibliográfica para refletir e compreender o papel dos preprints na comunicação científica por meio de uma análise de cunho qualitativo. Resultados: é apresentado o modelo de aceleração do sistema de comunicação fazendo uso dos repositórios digitais preprints. Conclusões: O modelo criado direcionará à aceleração do sistema de comunicação científica por meio dos repositórios digitais preprints e impulsionará e promoverá a colaboração entre os membros da comunidade científica.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Uma proposta de modelo conceitual para a construção de base de dados dos trabalhos de conclusão de curso (2019)

Autores: Guimaraes, Rachel Cristina Mello (Universidade Federal do Espírito Santo Universidade de Brasilia); Rogge, Mariana Braga

Assuntos: Ciência da Informação; Modelagem Conceitual. Modelo Conceitual Entidade e Relacionamento. Base de dados.

Resumo: Introdução: A construção de  uma base de dados não constitui simples tarefa, pois são várias e complexas as etapas que devem ser seguidas até que seja disponibilizado para acesso aos usuários. A principal delas é a fase de modelagem de dados, onde são analisadas as necessidades e especificidades do domínio de informação a ser modelado. Objetivo: Propõe um modelo conceitual para o desenvolvimento de uma base de dados de Trabalhos de Conclusão de Curso dos graduandos finalistas do curso de Biblioteconomia da Universidade Federal do Espírito Santo, com o intuito de organizá-los e disponibilizar seu acesso. Metodologia: Utiliza a Modelagem Conceitual E-R e o padrão de metadados MARC21 para a elaboração do modelo conceitual para a construção da base de dados.  Resultados: O modelo proposto proporcionou à identificação das características do ambiente modelado e também a identificação das necessidades dos usuários que terão acesso à base de dados. Conclusão: A combinação da técnica de modelagem conceitual E-R e o padrão de metadados Marc21 foram relevantes no mapeamento das informações e identificação dos atributos das entidades identificadas no domínio modelado. Modelagem Conceitual. Modelo Conceitual Entidade e Relacionamento. Base de dados.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
A Gestão documental: a gestão de um escritório de advocacia (2019)

Autores: Aleixo, Diana Vilas Boas Souto (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)); Lopes, Marlene Teixeira (Universidade Estadual de Londrina (UEL))

Assuntos: Ciência da Informação. Arquivologia;

Resumo: Introdução: Discute a gestão de documentos em escritórios de advocacia. Objetivo: analisou como as atividades relacionadas a gestão de documentos são desempenhadas em um escritório de advocacia situado na cidade de Londrina (PR). Metodologia: Apresenta uma pesquisa qualitativa de caráter descritivo-exploratório, a partir do estudo de caso e realização de entrevistas. Resultados: O arquivo é tem grande valor a instituição, este abriga documentos relacionados às funções do escritório, no entanto, o desconhecimento das atividades relacionadas à gestão dos documentos, leva a ausência de cuidados relativos à guarda e recuperação dos documentos. Conclusões: Relaciona a necessidade de implantação de atividades relacionadas à gestão de documentos e a inserção dos arquivistas para o desempenho destas atividades.Descritores: Documentos arquivísticos. Gestão de documentos. Escritório de advocacia. Arquivista.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Competências em informação em biblioteca multinível de região interiorana do Estado da Paraíba, PB, Brasil (2019)

Autores: Bezerra, Midnai Gomes (Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)); Serafim, Lucas Almeida (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação. Biblioteconomia.; Competência em Informação. Educação de Usuários. Biblioteca Multinível. Biblioteca Acadêmica. Biblioteca Escolar.

Resumo: Introdução: As competências em informação (information literacy) são assunto recorrente na literatura de Biblioteconomia e Ciência da Informação, seja em abordagens teóricas sobre o fenômeno informacional na contemporaneidade, seja em relatos empíricos acerca da busca e uso da informação em Unidades de Informação. Em âmbito de implementação, a promoção de competências em informação ocorre em ações educacionais formalizadas, institucionalizadas, as quais reforçam e ampliam a tradicional educação de usuários de bibliotecas. Esta realidade, todavia, ainda não caracteriza a maior parte do ambiente informacional brasileiro, principalmente o escolar e acadêmico – multinível, escrutinado nesta pesquisa. Objetivo: Analisa o cenário de práticas orientadas por competências em informação em biblioteca multinível brasileira. Metodologia: Realiza pesquisa participante, alicerçada por conjunto de métodos para a descrição de práticas de informação, a saber: tour guiado em ambientes de informação, entrevista semiestruturada, pesquisa visual, e método de interpretação de sentidos. Resultados: Constata – em mais uma realidade de biblioteca brasileira multinível e localizada interiorana do nordeste brasileiro – um longo caminho a ser seguido pela biblioteca sob estudo na busca de capacitação em competências em informação; carece-se de fomento das habilidades mais básicas sobre o uso da biblioteca. De modo a supri-las, propõe uma política formal de competências em informação, alicerçada inicialmente pela indicação de dois cursos. Conclusões: A realização desta pesquisa oportunizou o aprofundamento e sistematização do contexto biblioteconômico local e, consequentemente, a proposição de política de melhoramento por meio de treinamentos com base em situações-problemas reais decorrentes da vida escolar e acadêmica dos usuários, de modo a torná-los competentes em informação.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
O tratamento indexal de fotografias para composição da memória institucional (2019)

Autores: Nogueira, Valeska Paulino (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Martins, Gracy Kelli (Universidade Federal da Paraíba (UFPB))

Assuntos: Ciência da Informação, Biblioteconomia.; Análise documentária. Fotografia. Indexação. Memória Institucional.

Resumo: Introdução: As imagens fotográficas constituem-se como importantes documentos, possuidores de valioso potencial em termos informacionais, históricos e culturais, que são constituintes da memória. Nesse sentido, o estudo discorre sobre o valor da fotografia enquanto documento constituinte da memória institucional, apresentando aspectos relevantes da literatura sobre a análise documentária, com ênfase no processo de indexação, tendo como objeto de investigação o acervo de fotografias digitais da Universidade Federal do Cariri (UFCA). Objetivo: Desenvolver estratégias de categorização e representação indexal que contemplam os aspectos relacionados ao conteúdo das fotografias da UFCA, armazenadas na plataforma Flickr. Metodologia: Através de uma abordagem de caráter qualitativo, realizou-se uma análise documental e interpretativa relacionada aos processos de produção e representação das fotografias da UFCA. Resultados: Tal análise possibilitou a identificação e apresentação das especificidades deste tipo de documento e as suas lógicas especiais de tratamento e contribuições para a construção de critérios de indexação de imagens fotográficas, que visam nortear o desenvolvimento de uma política de indexação para a Instituição. Conclusões: Diante da inexistência de qualquer direcionamento acerca dos critérios de indexação para o acervo fotográfico digital da UFCA, sugerimos a criação de um documento que elenque os aspectos importantes em relação ao procedimento de tratamento indexal dos documentos imagéticos, considerado indispensável para garantir a preservação da memória institucional da universidade

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Produção e colaboração científica dos docentes das pós-graduações em Biblioteconomia e Ciência da Informação da região nordeste: análise no período de 2013 a 2017 (2019)

Autores: Sousa, Ana Karolyne Nogueira de (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Campus Crato); Cajazeira, Paulo Eduardo Silva Lins (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação, Biblioteconomia.; Produção científica. Bibliometria. Análise de redes de coautorias.

Resumo: Introdução: Por considerar a ciência em uma perspectiva acumulativa das produções e social nas relações de coautorias. Objetivo: analisar os indicadores de produção e colaboração científica dos docentes dos sete programas de pós-graduação stricto sensu da região Nordeste em Biblioteconomia e Ciência da Informação, do período de 2013 a 2017. Metodologia: tendo como métodos a bibliometria e análise de redes sociais de coautoria. Resultados: Em relação aos periódicos científicos, foi demonstrado que os docentes têm optado pelas revistas de menor periodicidade, as trimestrais, assim como, por práticas endógenas, com uso massivo dos periódicos pertencentes aos próprios programas. Conclusões: busca colaborar com o entendimento, reconhecendo as características e a evolução da área, identificando as especificidades e os padrões, com o propósito de promover discussões, contribuições e reflexões sobre as produções da área.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Produção científica sobre a Polícia Militar na Scielo: um estudo bibliométrico dos principais autores e a interlocução entre eles (2019)

Autores: Carassa, Antonio Thales (Polícia Militar do Estado do Paraná (PMPR)); Hilário, Carla Mara (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP))

Assuntos: Ciência da Informação; bibliometria; cocitações;

Resumo: Introdução: Ainda que existam algumas iniciativas da inserção da Polícia Militar no ambiente científico, como cursos de Pós-graduação stricto sensu em Segurança Pública, poucos são os estudos realizados por Policiais com o intuito de refletir sobre os problemas e ações da PM do Brasil. Objetivo: Analisar a produção científica sobre a Polícia Militar em periódicos indexados na Scielo, e identificar os periódicos que mais publicam pesquisas sobre a PM no Brasil, os autores mais citados e a interlocução entre eles. Metodologia: foi identificada a produção científica até o período de 2016 e foram evidenciados os periódicos que mais publicam sobre a temática, as principais palavras-chave, os autores mais citados nos artigos e a relação entre eles por meio de uma rede de cocitações. Resultados: Identifica que as pesquisas sobre a PM se dividem em vertentes voltadas à sociologia e à saúde do policial militar, sendo os autores mais citados as autoras Minayo e Muniz. A autora central da rede de cocitação é a autora Minayo, e a rede de relação entre os autores mais citado apresente quase totalmente conectada, evidenciando coesão no referencial teórico utilizado pelos autores. Conclusões: Conclui que as pesquisas que envolvem a Polícia Militar são realizadas por pesquisadores sem vinculo institucional com a PM e que a falta de incentivo à inserção científica pode ser uma razão para os policiais militares não se inserirem na ciência brasileira.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Informação@Profissões, Londrina, v. 8, n. 1, jan./jun. 2019 (2019)

Autores: Cervantes, Brigida (Universidade Estadual de Londrina (UEL))

Assuntos: ;

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Entre silêncios e rupturas: ação cultural na Biblioteca do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus Timon (2019)

Autores: Nascimento, Maria Gezilda e Silva (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA) Campus Timon); Almeida, José Robson Maia de (Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Bernardino, Maria Cleide Rodrigues (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Ciência da Informação. Biblioteconomia.; Ação Cultural. Bibliotecas Mistas. Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - Campus Timon. Cultura do Silêncio - Biblioteca.

Resumo: Introdução: as bibliotecas dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia são caracterizadas como mistas por abarcar condições de biblioteca escolar e universitária. Este estudo aborda a análise de ações culturais desenvolvidas no IFMA – Campus Timon. Objetivos: identificar o papel social do bibliotecário no processo de mediação em ações culturais; incentivar a leitura em olhares e formatos diferentes do papel; discutir ações de incentivos a leitura e a produção cultural na biblioteca do IFMA, como forma de diálogo entre o ‘silêncio’ e as múltiplas ações promovidas pela biblioteca em questão. Metodologia: pesquisa pesquisa-ação, descritiva e com abordagem qualitativa. Resultados: contribuíram para o rompimento da cultura do silêncio na biblioteca, rompendo com os paradigmas tradicionais inerentes a forma de acesso e uso da informação. Conclusões: as ações realizadas conduziram para o acesso à informação e promoção do gosto pela leitura e cultura no IFMA Campus Timon, transformando a biblioteca local em um espaço dinâmico e prazeroso, além de propor aos bibliotecários da instituição, que estes desenvolvam um perfil de agente cultural, capaz de transcender barreiras e criar condições para que a biblioteca realmente atue como um espaço de produção e criação culturais.

Ver registro completo

Artigo
Informação@Profissões
Perspectivas em mediação da informação no contexto das tecnologias de informação e da comunicação em bibliotecas universitárias (2019)

Autores: Sousa, Rafael Gomes de (Universidade Federal do Piauí (UFPI)); Almeida Júnior, Oswaldo Francisco de (Universidade Estadual de Londrina (UEL))

Assuntos: Ciência da Informação. Biblioteconomia. Mediação da Informação.; Biblioteca Universitária – Universidade Federal do Piauí. Mediação da Informação. Bibliotecário. Tecnologias de Informação e Comunicação.

Resumo: Introdução: Mediação da informação para formação de competências em informação do bibliotecário no âmbito das TIC nas bibliotecas universitárias foi o que norteou essa pesquisa, visto que a discussão está pautada na apropriação da informação, na construção de sentidos e aquisição do conhecimento. Objetivo: Discutir esses processos de atuação profissional dos bibliotecários nas bibliotecas do Sistema Integrado de Bibliotecas da Universidade Federal do Piauí (SIBi-UFPI), contribui com as discussões desse tema no âmbito da Ciência da Informação. Metodologia: Este é parte da pesquisa que investiga as perspectivas em mediação da informação no contexto das tecnologias de informação e da comunicação na biblioteca universitária da UFPI. A caracterização da pesquisa é definida como exploratória e descritiva, sendo de natureza qualiquantitativa. Resultados: A pesquisa revelou que os bibliotecários do SIBi-UFPI fazem uma maior assossiação entre mediação da informação com as atividades voltadas para o acesso e recuperação da informação,  Conclusões: Os bibliotecários do SIBi-UFPI utilizam as TIC com mais frequência para promover com maior intensidade as atividades que se configuram como mediação explícita, ou seja, aquelas que são mais visíveis, mas que denotam o mesmo grau de importância da implícita.

Ver registro completo

Refinar busca