Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.6 - n.2 - p.448
Relações de poder entre gêneros no ambiente organizacional: uma análise da representação feminina nas empresas de Tecnologia da Informação (TI) de Porto Alegre - RS (2019)

Autores: Camargo, Francielle Piffero (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Tannhauser, Cláudia Lehnemann (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Biegelmeyer, Uiliam Hahn (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Camargo, Maria Emilia (Universidade de Caxias do Sul (UCS)); Bernardi, Flávia Camargo (Universidade de Caxias do Sul (UCS)); Craco, Tânia (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS))

Assuntos: TI, Relação de Poder,Gênero,Empoderamento

Resumo: Este artigo traz o resultado da análise das relações de poder entre gêneros e a representatividade feminina das empresas de tecnologia da informação (TI) de Porto Alegre - RS. Apesar de certos avanços de equidade entre gêneros, a desigualdade ainda está presente nas organizações. O estudo analisou o motivo que impede o ingresso e a permanência das mulheres na TI e também investigou sua atual inserção, atuação e relações de poder no mercado de tecnologia da informação. Na pesquisa qualitativa exploratória, foram entrevistadas 10 mulheres que trabalham na área de TI. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizada a entrevista com roteiro de perguntas semiestruturada. A análise dos dados foi feita mediante análise de conteúdo. Os resultados apontaram para o fato de que ainda existem diferenças de gênero significativas na área de TI, seja no ambiente acadêmico, que leva à desistência da maioria das mulheres, quanto no ambiente organizacional e nas práticas e relações do dia a dia, que colocam a mulher em uma situação subalterna e discriminatória.

DOI: 10.28998/cirev.2019v6n2d

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
52 14 4 70

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.3 - p.179
Produção Cientifica sobre Teledermatologia nas Bases de Dados LILACS, MEDLINE, SCIELO e DYNAMED (2015)

Autores: Mota, Francisca Rosaline Leite (Universidade Federal de Alagoas (UFAL)); Wanderley, Annecy Ferreira (Universidade Federal de Alagoas (UFAL)); Lima Filho, Antonio Romeiro de (Universidade Federal de Alagoas (UFAL)); Rocha, Jairo Vinicius da Silva (Universidade Federal de Alagoas (UFAL)); Costa, Viviane Deodato (Universidade Federal de Alagoas (UFAL))

Assuntos: Disseminação da Informação; Telessaúde; Teledermatologia;

Resumo: A área da saúde, nas últimas duas décadas, passou a incorporar pesadamente as tecnologias de informação em suas práticas, tanto na administração como no ensino, na pesquisa e na assistência. Os recursos de Telemedicina são extremamente importantes para o compartilhamento das informações e a dermatologia se apresenta como uma especialidade que já aponta significativos êxitos com o uso da Telemedicina, nomeada especificamente no campo como Teledermatologia. Neste cenário, a Hanseníase tornou-se um dos principais alvos da Teledermatologia. É neste contexto que o presente trabalho se insere e possui como objetivo estudar as informações disponibilizadas via ferramentas de Telessaúde para a prevenção, o combate e o controle da Hanseníase. A pesquisa adota metodologias quantitativa, qualitativa e pesquisa-ação. A estratégia de ação adotada utiliza a pesquisa na rede para identificação dos Núcleos de Telessaúde no Brasil que ofertam serviços de Teledermatologia com foco na prevenção, no combate e no controle da Hanseníase. Ao final do projeto, espera-se ser possível a oferta do Serviço de Teledermatologia e o Banco de Imagens de Casos de Hanseníase no HUPAA/UFAL/EBSERH.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
50 5 7 62

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v. - n. - p.388
Compartilhamento de conhecimento e cocriação: um olhar a partir das práticas estratégicas da revista gestão em análise (REGEA) ()

Autores: Weersma, Laodicéia Amorim (Universidade de Coimbra (UC)); Coelho, Arnaldo Fernandes Matos (Universidade de Coimbra (UC)); Shintaku, Milton (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT))

Assuntos: Conhecimento compartilhado; Cocriação; Periódico Científico; Caso ReGeA

Resumo: Diante da crescente complexidade dos ambientes sociais, organizacionais e econômicos, a gestão do conhecimento torna-se essencial para o desenvolvimento, suscitando estudos teóricos e práticos acerca de novos paradigmas que denotam o compartilhamento de conhecimento e a cocriação como ferramentas que tendem a integrar-se também aos ambientes acadêmicos e a ciência. Em tal cenário, este estudo tem como objetivo analisar a gestão de conhecimento, notadamente, a contribuição das práticas estratégicas de compartilhamento de conhecimento e de cocriação implementadas em novos periódicos nas fases de concepção e consolidação, à luz de critérios e de boas práticas de publicação científica. Para tanto, utiliza-se pesquisa de natureza descritiva com base em estudo de caso, cuja unidade de análise é a Revista Gestão em Análise (ReGeA). O trabalho é suportado por pesquisa-ação e observação participante desenvolvidas por seus editores. Os principais resultados evidenciam que as práticas de conhecimento compartilhado nos contextos de pesquisa e publicação cientifica proporcionam a geração de interações de alta qualidade, capacitando a cocriação e a construção de valor de forma criativa, intencional e integrativa, o qual tende a trazer expressiva contribuição ao desempenho dos periódicos científicos nas fases de concepção e de consolidação, em termos de periodicidade, tempestividade e visibilidade. Além disso, pode-se perceber que o aspecto de inovação com a participação dos stakeholders, concretiza uma rede de conhecimento produtiva e sustentável, tornando-se crucial para melhorar a qualidade, a relevância e o impacto da pesquisa científica.

DOI: 10.21452/23580763.2019.6ne.1-16

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
27 1 30 58

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.4 - n.3 - p.292
Tecendo um Olhar sobre o Profissional Arquivista na Universidade Federal do Pará (2017)

Autores: Furtado, Renata Lira (Universidade Federal do Pará (UFPA)); Cavalcante, Celineide Rodrigues (Instituto Federal do Pará (IFPA))

Assuntos: Arquivologia; Arquivista; Universidade Federal do Pará;

Resumo: Na sociedade contemporânea, a profissão de arquivista vem acompanhando com êxito os constantes avanços da tecnologia da informação e da comunicação, que ao inserir novos produtos no mercado de trabalho influenciam diretamente as funções e atividades dos arquivos e dos arquivistas. É responsabilidade do arquivista o controle, o tratamento, o acesso, a guarda e a administração de arquivos públicos e privados. Trata-se, portanto, de um profissional provedor da informação, que nos dias de hoje se tornou essencial como instrumento administrativo ou jurídico nas organizações, para o registro histórico de uma nação e o pleno exercício da cidadania. Com o objetivo de identificar a presença do arquivista na capital paraense, especialmente no contexto da Universidade Federal do Pará (UFPA), o presente trabalho propõe apresentar os motivos da alta rotatividade destes profissionais nesta Instituição. A partir da metodologia de pesquisa bibliográfica e documental, tem-se a apresentação da fundamentação teórica, e para a pesquisa de campo foi aplicado um questionário, que foi analisado utilizando a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo (DSC). O resultado da pesquisa aponta que existe uma alta rotatividade de arquivistas na UFPA, considerando que, atualmente, a maioria dos profissionais em atividade no cargo é de outros estados do Brasil e por dificuldades na adaptação, o alto custo de vida em Belém, a pouca infraestrutura física, os recursos materiais e poucos profissionais para o pleno desenvolvimento do trabalho arquivísticos, assim que surgem melhores oportunidades de trabalhos, especialmente na sua terra natal, pedem exoneração do cargo na Universidade. As perspectivas são de que nos próximos anos esta alta rotatividade de arquivistas na UFPA possa mudar, considerando os egressos das primeiras turmas de Graduação em Arquivologia desta Universidade.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
39 5 4 48

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.3 - n.3 - p.225
Um Estudo Webometrico do Repositório Institucional da Universidade do Rio Grande (2016)

Autores: Miranda, Angélica Conceição Dias (Universidade Federal do Rio Grande (FURG)); Shintaku, Milton (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT))

Assuntos: Repositório, FURG, webometria;

Resumo: As relações entre os sites, portais e outras iniciativas disponíveis na web são fontes importantes nos estudos sobre o ecossistema informacional atual. Os Links representam mais que atalhos para outras páginas, são variáveis para os estudos webométricos. O presente estudo analisa as relações entre o Repositório Institucional (RI) da Universidade Federal do Rio Grande (FURG) e os outros RIs, por meio dos links declarados nas referências dos documentos mantidos no seu acervo e de documentos de outros repositórios remetendo para o RI da FURG.  Apresenta método misto, com coleta de dados feita de modo quantitativa. A análise dos dados foi feita de forma qualitativa.  Tem caráter webométrico, com o intuito de verificar a visibilidade desse RI. Entre os resultados observa que dos 20 repositórios utilizados como amostra (os 20 mais bem avaliados conforme o Web ranking of Repositories) 11 repositórios apresentam inlinks para o repositório da FURG. Destaca nas considerações a importância dos estudos voltados ao RIs e seu papel de coletar, gerir, manter documentação da instituição, ofertando serviços.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
46 1 1 48

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.2 - p.153
Internet e Mídias Sociais como Canais de Promoção de Integração e Cidadania (2015)

Autores: Correa, Elisa Cristina Delfini (Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)); Prado, Jorge Moisés Kroll do (Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC))

Assuntos: Internet, Mídias sociais, Integração, Cidadania, Movimentos sociais;

Resumo: Apresenta uma análise teórico-prática do potencial da rede mundial Internet e das mídias sociais como canal para a integração e promoção da cidadania, tendo como ponto de partida teórico um breve levantamento bibliográfico que discute as características da sociedade da informação e do ciberespaço. Exemplifica a potencialidade de integrar e oferecer espaços para o exercício da cidadania a partir da análise da participação política do bibliotecário no movimento “Vem pra rua”, ocorrido no Rio de Janeiro, Brasil, em 2013. Introduz o trabalho uma observação teórica a respeito das redes sociais da Internet como propulsoras da organização de movimentos sociais, sustentada por Castells (2013), além de uma observação histórica da atuação política do bibliotecário brasileiro. Conclui que as mídias sociais representam um espaço aberto que favorece a integração e possibilita o exercício da cidadania on e off line.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
38 6 4 48

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.4 - n.1 - p.243
As Correntes de Pensamento das Ciências Sociais e Humanas: enlace com a Biblioteconomia (2017)

Autores: Tanus, Gabrielle Francinne de S. C (Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG))

Assuntos: Biblioteconomia; Conhecimento científico; Ciências Sociais e Humanas

Resumo: O conhecimento científico apresenta certas características que as distingue dos demais tipos de conhecimentos. A historicidade das ciências revela, também, certas particularidades, com ênfase, neste trabalho, nas Ciências Sociais e Humanas. Objetiva-se, assim, expor de maneira sucinta a história das ciências e os aspectos que qualificam o conhecimento científico, para, posteriormente, apresentar as correntes de pensamento e algumas produções da Biblioteconomia que buscaram um enlace com as Ciências Sociais e Humanas. São múltiplas as possibilidades de diálogos da Biblioteconomia com as diversas correntes de pensamento das Ciências Sociais e Humanas. Espera-se ter contribuído para iluminar a inserção da Biblioteconomia dentro dessa classificação mais ampla de “Ciências Sociais”. O esforço de aproximar a Biblioteconomia com as correntes de pensamento pode contribuir para o fortalecimento da primeira dentro do modelo teórico-epistemológico das Ciências Sociais e Humanas. Deseja-se que mais trabalhos sejam realizados nessa direção de convocar os estudos teóricos e conceituais do campo da Biblioteconomia em diálogo com as Ciências Sociais e Humanas.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
29 11 1 41

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.1 - p.152
Contexto das Mídias Sociais em Alagoas: desafios para a (in)formação dos profissionais (2015)

Autores: Gonçalves, Marcio (Universidade Estácio de Sá, Universidade Federal do Rio de Janeiro); Nunes, Alexandre (Universidade Estácio de Sá)

Assuntos: Mídias sociais; Mercado de trabalho; Monitoramento da informação;

Resumo: Apresenta o valor da informação e destaca a produção de informação em mídias sociais realizada no ambiente digital. Por meio de pesquisa quantitativa com profissionais de áreas estratégicas da informação do estado de Alagoas, destaca que o profissional de informação deve ocupar espaço no mercado de trabalho dos mídias sociais, pois o mesmo possui habilidades que a área necessita. 

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
32 7 2 41

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.2 - p.153
Proposta de um Programa para Desenvolvimento de Competências em Informação para Alunos do Ensino Profissional (2015)

Autores: Spudeit, Daniela (Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC))

Assuntos: Programa para desenvolvimento de competência em informação; Competência em Informação; Ensino Profissional;

Resumo: Apresenta uma proposta de um programa para desenvolvimento de competências informacionais em alunos matriculados no ensino profissional. Caracteriza-se por uma pesquisa descritiva e exploratória em forma de estudo de caso em uma instituição nacional que é referência em educação profissional na área de comércio e serviços Por meio de um levantamento bibliográfico e documental, analisaram as atividades desenvolvidas para serem sistematizadas em forma de um programa pautado nas diretrizes internacionais e voltado para necessidades de informação de estudantes matriculados em cursos de ensino profissional. Além do programa, apresentam-se atividades e indicadores de avaliação para verificar se os objetivos foram alcançados. Concluiu-se que o trabalho colaborativo entre os vários tipos de profissionais envolvidos a instituição, tais como bibliotecários, pedagogos e professores da instituição, fizeram a diferença na sistematização das atividades e alcance dos objetivos propostos em ações que visavam o conhecimento em fontes e recursos de informação e também a compreensão e disseminação da informação visando à construção e compartilhamento do conhecimento pelos alunos beneficiados com o programa.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
31 3 5 39

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v. - n. - p.496
VI Reunião Brasileira de Ensino e Pesquisa em Arquivologia – Trabalhos de Conclusão de Curso, Dissertações e Teses ()

Autores: Barros, Thiago Henrique Bragato (Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS))

Assuntos:

Resumo: Editorial, v. 7, n. esp. Reparq (2020).

DOI: 10.28998/cirev.2020v7nesped

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
32 2 5 39

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.3 - n.3 - p.225
O Progresso na Implantação da Transparência Informacional Ativa no Estado de Roraima: o caso do IFRR e da UFRR (2016)

Autores: Rosa, Tatiana Costa (Universidade Federal de Roraima (UFRR)); Baptaglin, Leila Adriana (Universidade Federal de Roraima (UFRR))

Assuntos: Lei de Acesso à Informação; Transparência Ativa; Instituto Federal de Roraima; Universidade Federal de Roraima;

Resumo: No Brasil a Lei nº 12.527/2011, conhecida como acesso à informação (LAI) vem evoluindo no cumprindo de suas obrigações, onde o acesso passa a ser visto como regra e o sigilo exceção. Contudo, no extremo norte do país, especificamente no Estado de Roraima é possível observar que um percurso ainda tem de ser trilhado para a implantação total da Lei. Com o intuito de darmos os primeiros passos na busca por respostas sobre o andamento da implantação da LAI em Roraima, selecionamos duas instituições públicas federais voltadas à educação: o Instituto Federal de Roraima (IFRR) e a Universidade Federal de Roraima (UFRR), onde objetivamos averiguar a atual situação da transparência ativa, contemplada nos Artigos 7º e 8º do Decreto nº 7.724/2012 que regulamenta a LAI. Buscamos assim, apresentar os progressos e dificuldades destas duas instituições na implantação da LAI.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
32 4 1 37

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.3 - p.179
O Papel Social da Arquivologia: a percepção dos arquivistas na era da informação e do conhecimento (2015)

Autores: Araújo, Claudialyne da Silva (Universidade Estadual da Paraíba (UEPB)); Cavalcanti, Ivanilda Bezerra (Universidade Federal da Paraíba (UFPB)); Silva, Aurekelly Rodrigues da (Universidade Federal da Paraíba (UFPB)); Barroso, Pedro Augusto de Lima (Universidade Estadual da Paraíba (UEPB))

Assuntos: Arquivologia; Responsabilidade social da Arquivologia; Sociedade da informação e do conhecimento; Perfil do arquivista;

Resumo: Atualmente a Arquivologia vem apresentando um valor bastante representativo no uso de suas atribuições integrando um novo paradigma de arquivo moderno, dinâmico e criativo. Desse modo, o objetivo dessa pesquisa é analisar por meio de aplicação de questionários a visão social dos profissionais arquivistas, buscando saber quais os métodos e técnicas estão sendo utilizados frente às novas tendências informacionais. Procurou-se saber também, as perspectivas desses profissionais quanto ao futuro da profissão, tendo em vista que, na atual sociedade da informação e do conhecimento torna-se imprescindível as práticas educativas e sociais arquivisticas. Conceitua com base na literatura científica: a trajetória e evolução histórica da arquivologia e do arquivo no Brasil e no mundo. Como também a responsabilidade social dos mesmos. Descreve a re-configuração do arquivista, no qual é sujeito central desse estudo. A pesquisa tem como abordagem qualitativa, de natureza descritiva e exploratória, com amostragem intencional, no qual foram aplicados questionários com arquivistas na cidade de João Pessoa/PB. Á guisa de conclusão nos permite ver que, apesar da insegurança de alguns respondentes com relação à perspectiva profissional, enaltece a confirmação de que o perfil profissional do arquivista está mudando. E sob uma nova ótica da arquivologia mais voltada para o social, vislumbra-se um arquivista mais atento e focado socialmente. Assim, ficou evidente que houve uma transição bastante representativa, e tanto os cursos de graduação como os profissionais atuantes devem estar atento a tais mudanças da área.   

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
27 7 3 37

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.6 - n.1 - p.423
Semiótica, música e organização do conhecimento: contribuindo para o debate (2019)

Autores: Moura, Jozuel Vitorino de (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP)); Almeida, Carlos Cândido de (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP))

Assuntos: Semiótica; Música; Organização da Informação;

Resumo: Este estudo objetivou analisar o potencial informativo do campo da música sob a perspectiva da semiótica de Charles Sanders Peirce. A música se apresenta como um campo de diversas possibilidades informativas, compreendendo além de documentos e seus dados, o fenômeno observado por meio da experiência e do processo cognitivo, assim como identificar autores, fundamentos teóricos e teorias que apontem estudos envolvendo o campo da música e a organização do conhecimento. Para tanto, foi realizada uma pesquisa bibliográfica baseando-se em publicações científicas na área da Música, Linguagem e Semiótica. Por meio dessa pesquisa foi possível compreender que a música apresenta significados subjetivos que estão relacionados ao contexto social e às experiências humanas já vivenciadas. Dessa forma foi possível compreender que as informações musicais estão intimamente relacionadas ao contexto social em que o ser humano está inserido, pois é nele que, por meio do processo cognitivo, se constrói o conhecimento.

DOI: 10.28998/cirev.2019v6n1b

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
27 8 1 36

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.6 - n.1 - p.423
Desinformação e competência em informação: discussões e possibilidades na Arquivologia (2019)

Autores: Moura, Ana Roberta Pinheiro (Universidade Federal do Pará (UFPA)); Furtado, Renata Lira (Universidade Federal do Pará (UFPA)); Belluzzo, Regina Célia Baptista (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP))

Assuntos: Arquivologia; Desinformação; Fake news; Competência em informação; Revisão bibliográfica sistemática;

Resumo: A presente pesquisa teve como objetivo mapear as possíveis interseções entre o fenômeno Desinformação, a temática Competência em Informação e a Arquivologia no cenário nacional. O estudo foi desenvolvido por meio da Revisão Bibliográfica Sistemática na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação – BRAPCI. Os resultados identificaram escassez de produção acadêmico-cientifica relacionando a Competência em Informação com a Arquivologia e no que tange à tríade Desinformação, Competência em Informação e Arquivologia não foi identificada nenhuma ocorrência, contudo evidencia-se a relação existente entre a Competência em Informação e a Desinformação no âmbito da Ciência da Informação. O resultado desta pesquisa pode contribuir de forma significativa tanto para a Arquivologia e Ciência da Informação como para a sociedade em geral, considerando que o fenômeno Desinformação ainda é pouco compreendido e vem de maneira genérica assolando a sociedade. Os resultados obtidos foram relevantes para confirmar que os preceitos da Competência em Informação, especialmente na perspectiva crítica, configuram-se como uma possibilidade tanto de combate, como de redução da desinformação na sociedade e no contexto arquivístico, sendo que a disseminação e a preservação de fake news bem como de outras formas de desinformação, poderão acarretar danos irreparáveis para a sociedade futura.

DOI: 10.28998/cirev.2019v6n1c

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
31 0 4 35

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.2 - n.1 - p.152
Compartilhamento de Informação Ambiental e a Repercussão do Código Florestal no Twitter (2015)

Autores: Ferreira, Janaína Tenório Lopes (Universidade Federal de Alagoas (UFAL)); Araujo, Ronaldo Ferreira de (Universidade Federal de Alagoas (UFAL))

Assuntos: Informação ambiental; Compartilhamento de informação; Twitter; Código Florestal;

Resumo: Por meio de uma pesquisa exploratória de inspiração netnográfica de observação não intervencionista, o artigo analisa a repercussão do Código Florestal no microblogging Twitter no ano de 2011, através da hashtag #CódigoFlorestal. A coleta dos dados foi realizada por meio de buscas manuais no microblog e complementada pelos serviços do Topsy e do Google Alerta. O comportamento da comunidade analisada se deu por distribuição temporal, caracterização das mensagens, identificação e caracterização dos usuários, compreensão dos comportamentos informacionais em seus aspectos interativos e comunicacionais. No total foram identificados 30.795 tweets emitidos por 1.083 usuários. Mensagens interativas (28.181) superam as informativas (2.614). Considera-se que a rede social Twitter contribui para a expansão e intensidade de vínculos sociais de uma sociedade virtualmente conectada, e que nesse espaço a informação ambiental encontrou um meio apropriado de organização, de troca social e de estratégia para mobilizar cidadãos/atores a se tornarem protagonistas do fazer social no seu contexto local e global.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
26 6 2 34

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v. - n. - p.388
A aplicação do DOI para publicações no Portal de Periódicos da UFGD e a busca por novos indexadores ()

Autores: Silva Filho, Givaldo Ramos da (Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)); Garcia, Rodrigo Garófallo (Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)); Amaral, Cynara Almeida (Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD))

Assuntos: Portal de Periódicos UFGD; DOI; Indexadores;

Resumo: Este artigo tem o objetivo de apresentar um estudo de caso sobre o trabalho que foi desenvolvido pela Editora da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), a qual administra o Portal de Periódicos UFGD (PPUFGD), visando melhorar a qualidade e a divulgação das publicações científicas da instituição. Trata-se de uma experiência em que a Editora da UFGD buscou, através de processos administrativos e procedimentos tecnológicos, aumentar a divulgação de seus periódicos com a obtenção do DOI (Digital Object Identifier), via CrossRef/PILA (Publisher International Linking Association) — agência oficial de registro do DOI, para os periódicos da UFGD. Também foi feita a adequação dos periódicos do Portal às exigências de diversas bases de dados e diretórios nacionais e internacionais (indexadores), dentre eles o Directory of Open Access Journals (DOAJ).

DOI: 10.21452/23580763.2019.6ne.17-26

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
20 10 4 34

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.5 - n.3 - p.387
Mediação da informação: um estudo nas bibliotecas de um centro universitário na cidade de Juazeiro do Norte - Ceará (2018)

Autores: Nogueira, Anízia Maria Lima (Centro Universitário Leão Sampaio (UNILEÃO) / Universidade Federal do Cariri (UFCA)); Bernardino, Maria Cleide Rodrigues (Universidade Federal do Cariri (UFCA))

Assuntos: Mediação da informação; Biblioteca universitária; Mediação pedagógica; Mediação técnica; Mediação institucional;

Resumo: Este trabalho trata de um relato de pesquisa sobre mediação da informação em biblioteca universitária. Parte da premissa de como é possível dinamizar práticas de mediação da informação no sistema de bibliotecas de um Centro Universitário em Juazeiro do Norte – Ceará. O objetivo da pesquisa é abordar as tipologias de mediação da informação em Silva (2015) divididas em técnica, pedagógica e institucional, visando conceber perspectivas de aplicação no ambiente das bibliotecas de um Centro Universitário na cidade de Juazeiro do Norte – Ceará. O referencial teórico refere-se primeiramente à biblioteca universitária; depois, à mediação da informação e, por fim, ao bibliotecário como mediador da informação. Em relação aos procedimentos metodológicos, trata-se de um relato de pesquisa, com abordagem teórico-exploratória. Inicialmente foi feita uma pesquisa bibliográfica e coleta de dados através de questionário e entrevista estruturada. Constatou-se que a mediação da informação acontece no ambiente das bibliotecas do Centro Universitário pesquisado. A mediação técnica e a institucional são as mais utilizadas nesse local e as práticas da mediação pedagógica merecem ser repensadas e reestruturadas.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
28 0 2 30

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v. - n. - p.388
OJS 3: transportando a tradição da Escola Austríaca em formatos de modernidade ()

Autores: Paranaiba, Adriano de Carvalho; Bernardes, Priscilla Guerra Guimarães

Assuntos: OJS3; Revista on-line; Escola Austríaca de Economia

Resumo: O objetivo deste artigo é relatar a experiência da implantação do OJS3 no periódico MISES: Revista Interdisciplinar de Filosofia, Direito e Economia. Para tanto, utilizou-se no estudo de caso o levantamento das transformações e adequações adotados pela nova editoria e os resultados já alcançados. A experiência da implantação do sistema OJS3 no periódico pode ser considerada como bem sucedida e precursora, tanto no Brasil, quanto na comunidade acadêmica internacional desta escola científica, a Escola Austríaca de Economia.

DOI: 10.21452/23580763.2019.6ne.62-70

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
17 0 11 28

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.4 - n.3 - p.292
Preceitos Éticos no Comportamento do Bibliotecário Empreendedor (2017)

Autores: Madalena, Crichyna da Silva (Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)); Spudeit, Daniela (Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC))

Assuntos: Empreendedorismo; Empreendedorismo na Biblioteconomia; Ética; Código de Ética; Comportamento ético - Bibliotecário;

Resumo: Apresenta reflexões sobre o comportamento ético do bibliotecário no que tange às atividades empreendedoras ligadas à gestão da informação. Para isso, apresenta-se conceitos e um breve histórico sobre empreendedorismo, discorre sobre o empreendedorismo dentro da Biblioteconomia e a ética profissional. A fim de cumprir a presente proposta, a pesquisa se caracteriza por ser um estudo bibliográfico que contextualiza os preceitos éticos para o bibliotecário empreendedor à luz do Código de Ética Profissional (Resolução n.º 42/2001) e da literatura especializada da área. Conclui-se que o bibliotecário deve reunir o conhecimento adquirido à prática empreendedora com comportamento ético, uma vez que, atuação desse profissional concede valores que vão de encontro com o código de ética da profissão. A ética estimula a conduta humana como forma de satisfação e é um elemento importante para o convívio em sociedade propiciando valores como igualdade e justiça. Dessa forma, o bibliotecário empreendedor deve ter seu comportamento pautado em atitudes éticas para o desenvolvimento e reconhecimento da profissão prestando serviços com qualidade, honestidade e respeito à coletividade.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
22 3 2 27

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.6 - n.2 - p.448
Ciência da Informação e História: os estudos históricos nos programas de pós-graduação brasileiros da área de Ciência da Informação (2019)

Autores: Silva, Leonardo Gonçalves (Prefeitura da Cidade de São Paulo (PCSP)); Oliveira, Lúcia Maciel Barbosa de (Universidade de São Paulo (USP))

Assuntos: Ciência da Informação; História; Interdisciplinaridade; Brasil; Programas de Pós-Graduação;

Resumo: Busca na literatura as relações entre Ciência da Informação e História. Verificar se os pesquisadores brasileiros da área da Ciência da Informação com formação em História realizam pesquisas históricas sobre o tema da informação. Revisão de literatura e análise dos currículos Lattes dos docentes com formação em História dos programas de pós-graduação da área de Ciência da Informação. A análise mostrou que mesmo havendo uma quantidade razoável de docentes com formação em História atuando nesses programas, são poucos os que realizam pesquisas históricas de contextos informacionais. As pesquisas históricas dentro da Ciência da Informação ainda são poucas e ainda necessitam ser mais realizadas. A realização de tais pesquisas podem enriquecer a área e trazer a ela novos tópicos de discussão e uma compreensão adensada da informação em diferentes contextos.

DOI: 10.28998/cirev.2019v6n2a

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
23 2 1 26

Refinar busca