Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.5 - n.2 - p.2168
Rede de coautoria da Universidade Federal de Goiás: o impacto de publicações internacionais (2016)

Autores: Silva, Eduardo Alves (Universidade Federal de Goiás (UFG)); Martins, Dalton Lopes (Universidade Federal de Goiás (UFG))

Assuntos: Análise de Redes Sociais; Internacionalização acadêmica; Comunicação científica

Resumo: Introdução: Propõe-se demonstrar a construção da coautoria dentro da Universidade Federal de Goiás (UFG) e o possível impacto da internacionalização dessa produção. Método: foi realizada a extração de dados referentes a publicações da UFG na base de dados Web of Science (WoS) no período histórico de dezesseis anos (1999-2015), efetivando-se o tratamento do nome dos coautores das publicações de forma a construir a rede de coautoria com o uso de metodologia de análise de redes sociais (ARS). Resultados: obteve-se a rede de coautoria de maior impacto internacional da UFG respondendo à questão sobre a existência da rede e suas características, assim como percepções sobre a internacionalização e desenvolvimento da instituição de acordo com a rede. Conclusão: A criação da rede de coautoria demonstra a divisão de grupos e fatores que a compõem, introduzindo dessa forma contextos que vão além da coautoria, como a internacionalização e o uso das informações obtidas na gestão da pesquisa cientifica em uma instituição.

DOI: 10.5380/atoz.v5i2.47854

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
46 4 1 51

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.5 - n.1 - p.2094
Comunidades de prática: uma revisão bibliográfica sistemática sobre casos de aplicação organizacional (2016)

Autores: Fernandes, Flávia Roberta (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Cardoso, Tiago Alves (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Capaverde, Lisiane Zynger (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Silva, Helena de Fátima Nunes (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: Comunidades de prática; Organização do trabalho; Produção acadêmica

Resumo: Introdução: O conceito de Comunidades de Prática (CoPs) foi introduzido no início da década de 1990 e tem sido muito popular em várias organizações, as quais reconhecem que a partilha de conhecimento é importante para o aprendizado organizacional. Essa prática mostrou ser uma abordagem estratégica e uma forma inovadora de promover a aprendizagem. O objetivo deste artigo, portanto, foi o de encontrar publicações que evidenciassem organizações que promovem o desenvolvimento das CoPs, bem como os seus aspectos relevantes no contexto organizacional. Método: Configura-se como um estudo exploratório apoiado em Revisão Bibliográfica Sistemática (RBS) cujo processo de busca e análise ocorreu em quatro bases de dados (Portal Capes Periódicos, Scopus, Science Direct e Web of Science), utilizando-se como referência o roteiro RBS Roadmap. Resultados: A busca retornou 43 publicações relevantes entre 1996 e 2016 (incompleto), as quais revelaram que mais de 21 empresas de diversos setores implementaram CoPs em suas organizações, desde renomadas organizações multinacionais de várias áreas, como companhias menores de prestação de serviços. Conclusão: A pesquisa esclareceu aspectos relativos à distribuição deste tipo de produção acadêmica, a qual se concentra em publicações europeias e americanas, verificando-se o aumento do interesse dessa temática na última década. Destacam-se os benefícios das CoPs nas organizações, ressaltando-se o desenvolvimento profissional, apoio a solução de problemas, economia de tempo, sinergia entre unidades e novas estratégias competitivas.

DOI: 10.5380/atoz.v5i1.46691

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
38 3 1 42

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.5 - n.1 - p.2094
A influência da informação publicada nas “redes sociais” no processo de seleção e recrutamento: um estudo exploratório na literatura (2016)

Autores: Machado, Luís Miguel Oliveira (Universidade de Coimbra (UC))

Assuntos: Redes sociales; Puestos vacantes; Reclutamiento y selección; Identidad digital; Cybervetting

Resumo: Introdução: Numa sociedade cada vez mais online a relação entre pessoas alastrou-se naturalmente para a rede, para sites conhecidos como “Redes Sociais”. Nessa replicação, certos modos de comunicar e se representar, inócuos em estado offline, podem ser bastante prejudiciais profissionalmente quando reproduzidos em linha. Assim, o objetivo desta investigação é refletir sobre a importância - em termos profissionais - do perfil que é criado nas, ou pelo uso das, Redes Sociais em Linha (como o Facebook e outros sites similares), considerando a influência da atividade aí desenvolvida na obtenção de uma contratação laboral. Método: Foi realizada uma revisão da literatura, em forma de pesquisa exploratória, incluindo fontes bibliográficas e documentais, entre as quais 16 estudos primários efetuados entre 2008 e 2014, abrangendo a perspetiva de investigadores e recrutadores sobre esta problemática de forma a responder três questões, a saber: a) Os responsáveis pelos recursos humanos e/ou outros com poder de decisão em termos de gestão de funcionários, procuram efetivamente informação em linha sobre potenciais funcionários? b) A informação encontrada tem um papel relevante na decisão desses gestores de recursos humanos? c) Quem procura trabalho deve cuidar da sua “imagem digital” mesmo nas Redes Sociais em Linha não consideradas profissionais? Resultados: A procura de informação nas chamadas “Redes Sociais” sobre os candidatos a ofertas de emprego é efetivamente realizada ao longo de todo o processo de seleção e recrutamento. Essa prática, denominada de cybervetting, também abrange as Redes Sociais em Linha tidas como não profissionais e, atendendo aos estudos analisados, é de esperar um aumento da sua frequência. A informação encontrada nas “Redes Sociais em Linha” é também considerada na avaliação dos candidatos às ofertas de emprego, uma vez que é entendida, por muitos recrutadores, como parte da “identidade digital” do indivíduo em questão. Verifica-se, igualmente, que a influência da informação obtida por essa via tende a não ser favorável aos candidatos. Conclusão: Do ponto de vista dos recrutadores a prática de cybervetting é, frequentemente, encarada como um dever profissional no sentido de encontrar o candidato mais adequado. Pelo lado dos candidatos urge uma maior consciencialização da repercussão que a atividade desenvolvida em linha pode ter em termos profissionais. Os efeitos na sua “imagem digital” são similares aos de uma tatuagem, deixa marcas dificilmente removíveis.

DOI: 10.5380/atoz.v5i1.44035

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
2 1 4 7

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.4 - n.2 - p.2027
Altmetria ou métricas alternativas: conceitos e principais características (2015)

Autores: Souza, Iara Vidal Pereira de (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT))

Assuntos: Altmetrics; Social networks; Bibliometrics, Infometrics

Resumo: Apresentam-se os conceitos e características das métricas alternativas (ou altmetria, em português), com especial destaque para a relação destas com as métricas tradicionais e potenciais riscos de manipulação de dados. Discutem-se os desafios para tais métricas e as ferramentas disponíveis para tal contagem.

DOI: 10.5380/atoz.v4i2.44554

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
5 0 2 7

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.4 - n.1 - p.1975
Digital Object Identifier (DOI): o que é, para que serve, como se usa? (2015)

Autores: Ferreira, Elisabete (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Führ, Fabiane (Universidade Federal do Paraná - UFPR. Universidade Tuiuti do Paraná - UTP); Lima, Karolayne Costa Rodrigues de (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Araújo, Paula Carina de (Universidade Federal do Paraná - UFPR. Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho - UNESP); Pereira, Suzana Zulpo (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: Digital Object Identifier (DOI); Persistent identifier; digital repositories

Resumo: Membros da equipe de gestão da Biblioteca Digital de Periódicos (BDP) da Universidade Federal do Paraná (UFPR) apresentam conceitos e esclarecem as principais dúvidas sobre o Digital Object Identifier (DOI).

DOI: 10.5380/atoz.v4i1.42369

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
2 0 5 7

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.5 - n.2 - p.2168
Curadoria digital e dados de pesquisa (2016)

Autores: Sayão, Luís Fernando (Centro de Informações Nucleares - CIN/CNEN, Rio de Janeiro, RJ); Sales, Luana Farias (Centro de Informações Nucleares - CIN/CNEN, Rio de Janeiro, RJ)

Assuntos: Dados de pesquisa; Curadoria digital; e-Science; Ciência aberta; Repositórios científicos

Resumo: Os Doutores Luis Fernando Sayão e Luana Farias Sales apresentam as condições que sustentam o desenvolvimento da área de curadoria digital e os emergentes repositórios de dados de pesquisa, assim como as controvérsias, desafios e responsabilidades éticas para os depositantes, gestores dos repositórios, usuários e profissionais da informação.

DOI: 10.5380/atoz.v5i2.49708

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
5 0 1 6

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.4 - n.1 - p.1975
A moda como objeto de informação: o caso do Movimento Feminista Punk Riot Grrrl (2015)

Autores: Castro, Kedma Lima de (Universidade da Amazônia - UNAMA); Castro, Jetur Lima de (Universidade Federal do Pará (UFPA)); Oliveira, Alessandra Nunes de (Universidade Federal do Pará (UFPA))

Assuntos: Punk movement; Gender discourse; Fashion; Fashion as information; Feminism

Resumo: Introdução: Ao se considerar que a moda pode ser entendida como objeto de informação, o objetivo do trabalho é apresentar as características de indumentária e de comportamento do movimento feminista punk Riot Grrrrl como constituintes espaço de discurso e de linguagem e, portanto, no escopo de investigações na área de Ciência de Informação e Biblioteconomia. Método: Trata-se de pesquisa exploratória de base bibliográfica e documental. Resultados: apresenta-se o momento histórico do movimento punk Riot Grrrl no contexto punk, analisando-se a temática do feminismo, a discussão de gênero e suas relações com a moda entendendo-se a indumentária das riots grrrls como forma de protesto e discurso político em seu contexto histórico-social. Conclusão: as releituras visuais do movimento feminista punk, sustentadas em seus ideários radicais e seu impacto no universo da moda, revelam a representatividade da indumentária e do comportamento como formas emancipatórias no social, configurando-se como espaços de discurso e, portanto, de informação. 

DOI: 10.5380/atoz.v4i1.41762

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 2 2 4

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.4 - n.2 - p.2027
O uso do Facebook como ferramenta para o compartilhamento de atividades pedagógicas: uma experiência em uma escola pública de educação infantil (2015)

Autores: Marin Bernardi, Priscila (Universidade de Caxias do Sul (UCS)); de Avila e Silva, Scheila (Universidade de Caxias do Sul (UCS))

Assuntos: Intercambio de conocimientos; Redes Sociales Web; Prácticas educativas

Resumo: Introdução: A disseminação e incorporação de mídias sociais no cotidiano levanta a questão de seu uso como ferramentas de apoio pedagógico. Deste modo, o presente trabalho descreve uma reflexão sobre o tema tendo como base uma experiência de utilização da mídia social Facebook como mecanismo de compartilhamento de atividades pedagógicas em uma escola pública de educação infantil. Este trabalho teve como objetivo investigar o significado do compartilhamento de informações nos indivíduos desta comunidade escolar. Método: Utilizou-se análise qualitativa dos dados derivados de entrevistas e de relatos escritos pelos participantes. Resultados: O projeto envolveu todos os integrantes da comunidade escolar: professores, funcionários e responsáveis pelos alunos e, após um ano de utilização da mídia social, foram realizadas 26 postagens na página da escola e 31 no grupo secreto, aproximadamente. Os participantes internos da escola relataram benefício no fluxo de informações, enquanto que os membros externos da comunidade escolar descrevem os benefícios de acompanhar a rotina das crianças. Conclusão: Os relatos apontam para a aceitação da ferramenta tanto pelos colaboradores da instituição, quanto pela comunidade externa. Assim, percebe-se que há uma potencialidade de se  aprimorar a prática docente, além dos benefícios da utilização desta mídia social na comunicação da escola com a comunidade externa.

DOI: 10.5380/atoz.v4i2.43496

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
1 0 1 2

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.5 - n.2 - p.2168
A Internet das Coisas aplicada ao conceito de eficiência energética: uma análise quantitativo-qualitativa do estado da arte da literatura (2016)

Autores: Sônego, Arildo Antônio (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Marcelino, Roderval (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Gruber, Vilson (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC))

Assuntos: Internet das Coisas (IoT); Eficiência energética; Tecnologias de informação e comunicação (TIC)

Resumo: Introdução: A Internet das Coisas corresponde a um novo paradigma, que imputa aos objetos a capacidade de disponibilizar informações a respeito de seu funcionamento e ao ambiente no qual tais objetos estão inseridos, caracterizando-se como abrangentes e diversificados os universos de prováveis aplicações a ela relacionadas. Em uma época em que se evidenciam ações e discussões dedicadas à sustentabilidade e ao meio ambiente, este artigo objetiva apurar o estado atual das pesquisas envolvendo a Internet das Coisas associado ao conceito de “eficiência energética”. Método: Tendo como referência a base de dados Scopus procedeu-se uma revisão sistemática da literatura, acompanhada de uma análise quantitativo-qualitativa. Foram aferidas informações no período compreendido entre os anos de 2001 a 2016, além da análise das cinquenta publicações com maiores citações. Resultados: Constatou-se a existência de 895 documentos relacionados aos assuntos pesquisados. Contudo, poucos (foram identificados sete documentos) discorrem sobre a efetiva aplicação da Internet das Coisas à “eficiência energética”. Conclusão: Além de se determinar o estado da arte das pesquisas a nível mundial dos temas propostos, foi possível ratificar os conceitos a eles associados, bem como identificar as publicações mais relevantes, para que possam servir de referência e ponto de partida a outros trabalhos do gênero.

DOI: 10.5380/atoz.v5i2.47860

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 0 1 1

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.4 - n.2 - p.2027
Coworking, uma forma de organização de trabalho: conceitos e práticas na cidade de São Paulo (2015)

Autores: Soares, Juliana Maria Moreira (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)); Saltorato, Patricia (Universidade Federal de São Carlos (UFSCar))

Assuntos: Coworking; Organization of work; Independent collectives; Shared spaces

Resumo: Introdução: este estudo teve como objetivo analisar o formato de organização de trabalho denominada coworking. Trata-se de um formato segundo o qual diversas empresas, coletivos ou profissionais liberais compartilham de um mesmo espaço, buscando a partilha dos custos relativos ao local de instalação. Neste, objetivou-se explorar como este sistema vem sendo praticado e considerado como uma alternativa à organização atual de trabalho em uma metrópole brasileira. Método: utilizou-se o estudo de caso, tendo sido escolhidos para compor a análise e a exploração das práticas associadas a este conceito, três ambientes que operam segundo este sistema na cidade de São Paulo, Brasil. Foram realizadas quatro entrevistas com coworkers, e aplicados questionários junto a 24 indivíduos que trabalham em múltiplos ambientes de coworking. Resultados: analisaram-se respostas e depoimentos relativos à motivação para inserir-se em um ambiente de coworking (divisão dos gastos, localização, flexibilidade, outros), as impressões sobre as trocas de experiências, o compartilhamento de interesses comuns; e as questões críticas de gestão de tais ambientes (espaço, segurança, outros). Conclusão: foi possível inferir que esse sistema se apresenta como uma alternativa interessante para a organização do trabalho em uma cidade do porte de São Paulo, com especial destaque para a inovação e o empreendedorismo, ainda que a gestão dos espaços e dos relacionamentos requeiram maiores considerações.

DOI: 10.5380/atoz.v4i2.42337

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 0 1 1

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.3 - n.2 - p.1958
Optimización del juego tres en raya con niveles de dificultad utilizando heurísticas de inteligencia artificial (2014)

Autores: Villacís, César Javier (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Fuertes, Walter Marcelo (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Bustamante, Christian Andrés (Secretaría de Inteligencia del Gobierno Ecuatoriano); Zambrano, Margarita Elizabeth (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Torres, Edgar Porfirio (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Aules, Hernán Mauricio (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Tacuri, Ana Gladys (Universidad de las Fuerzas Armadas (ESPE)); Basurto, Mario Oswaldo (Universidad Tecnológica Israel)

Assuntos: Videojuegos educativos; Diseño Hipermedia Orientado a Objetos; Inteligencia Artificial; Tres en Raya

Resumo: Introdução: os jogos educativos, além de proporcionarem distração e diversão, estimulam o desenvolvimento do pensamento infantil nos processos lógicos e espaciais. Esta pesquisa apresenta a otimização de videojogo educativo conhecido como jogo da velha (Tic-Tac-Toe) voltado para crianças entre 7 e 11 anos. Método: Utilizou-se a metodologia de Projeto Hipermídia Orientado a Objetos (OOHDM) para o design conceitual e de navegação do aplicativo, o que permitiu a criação de interfaces interativas e amigáveis para o usuário. Além disso, foram utilizadas técnicas de inteligência artificial para que o jogador (simulado e controlado pelo computador) possa emular as decisões por si mesmo, e ser capaz de enfrentar o usuário humano. As técnicas de Inteligência Artificial usadas são do tipo heurística, implementadas via método numérico inédito - que se baseia em série numérica finita - diferindo de outros métodos com o mesmo objetivo; nos quais é comum para usar o algoritmo de MIN-MAX. Para executar o jogo recorreu-se à incorporação de um agente virtual que oferece apoio aos usuários nos diferentes níveis de dificuldade do jogo. Resultados: Os resultados mostram que existem diferenças cognitivas conforme a idade e gênero, e também quanto ao nível de dificuldade do jogo, considerando-se uma amostra representativa de crianças de uma mesma unidade educacional. Conclusão: Este tipo de programa estimula o desenvolvimento cognitivo das crianças que estão em seu primeiro estágio de treinamento educacional.

DOI: 10.5380/atoz.v3i2.41342

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 0 1 1

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.3 - n.1 - p.1957
Gestão da Informação em Portugal: formação, mercado e perspectivas (2014)

Autores: Freitas, Maria Cristina Vieira de (Universidade de Coimbra (UC)); Simões, Maria da Graça de Melo (Universidade de Coimbra (UC))

Assuntos: Information Management; Job market; Professional training

Resumo: As professoras Cristina Freitas e Maria da Graça Simões respondem questões elaboradas pelos docentes da Faculdade de Informação e Comunicação (Curso de Gestão da Informação) da Universidade Federal de Goiás - UFG. As perguntas se referem à estrutura de ensino voltada aos temas de gestão da informação em Portugal, a influência do fenômeno do Big Data na formação na área - incluindo discussões sobre a governança de dados, as áreas estruturantes da Gestão da Informação e enfoques de pesquisa no País, e as condições de mercado (ameaças e oportunidades) para os profissionais em Gestão da Informação em Portugal e no continente europeu.[Idioma disponível: português/Portugal].

DOI: 10.5380/atoz.v3i1.41329

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
0 0 1 1

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.3 - n.2 - p.1958
Mineração de dados: aplicações, ferramentas, tipos de aprendizado e outros subtemas (2014)

Autores: Carvalho, Deborah Ribeiro (Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR)); Dallagassa, Marcelo Rosano (Unimed Paraná)

Assuntos: data mining; data mining tools; Data Mining use

Resumo: Especialistas na área de mineração de dados apresentam conceitos, características, limites e potencialidades da mineração de dados, incluindo indicação de ferramentas disponíveis, relações com a inteligência artificial,  e implicações de seu uso na área de business intelligence.

DOI: 10.5380/atoz.v3i2.41340

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
1 0 0 1

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Modelo teórico de avaliação da gestão da informação nos processos logísticos e de gestão da cadeia de suprimentos nas instituições federais de ensino superior brasileiras (2019)

Autores: Belinski, Ricardo (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Frederico, Guilherme Francisco (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: Gestão da Cadeia de Suprimentos; Gestão da Informação; Tomada de Decisão; Compras Governamentais; Logística;

Resumo: A gestão da informação pode dar suporte às decisões na gestão logística da cadeia de suprimentos de material de consumo nas Instituições de Ensino Superior Federais Brasileiras, a partir da análise dos relatórios de auditoria. A gestão de suprimentos demanda tomada de decisão a partir de informações ao longo das atividades em toda sua cadeia. Na gestão pública, a documentação de processos é prioridade, pois cabe ao gestor fazer apenas aquilo que está previsto na jurisprudência, sobretudo nas regras de licitação. Neste estudo de caso, serão analisados 20 aspectos na gestão de suprimentos das IFES a partir de documentos emitidos pelo Tribunal de Contas da União e pela auditoria interna das IFES. A validação das práticas será feita pela análise de conteúdo de relatórios de auditoria. A amostra será composta pelas IFES brasileiras que foram avaliadas nos últimos anos pelos órgãos de controle externo, incluindo documentos de levantamento das aquisições e apuração de indícios de fraudes na licitação. Entre os resultados esperados está um modelo de gestão da informação aplicada à gestão da cadeia de suprimentos que pode ser aplicada às centenas de Instituições Federais de Ensino Superior brasileiras, no contexto da licitação.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67255

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Avaliação por competência em cursos online abertos e massivos por meio de rubrica (2019)

Autores: Salerno, Byanca Neumann (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Freitas, Maria do Carmo Duarte (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: MOOCs; Avaliação por competências; Rubricas;

Resumo: O desenvolvimento das tecnologias da informação e seu uso na área da educação contextualiza o surgimento dos Cursos Online Abertos e Massivos caracterizados pela ausência de pré-requisitos para ingresso e quantidade ilimitada de estudantes. Um dos problemas enfrentados nesses cursos é a alta taxa de evasão dos estudantes devido à falta de engajamento. Além disso, há dificuldade para avaliar a aprendizagem e garantir que as competências esperadas com o curso sejam desenvolvidas. Esta pesquisa tem como objetivo formular diretrizes para o desenvolvimento de conteúdos em MOOCs com a utilização de rubricas de avaliação por competências. A metodologia é de revisão sistemática a partir de pesquisa bibliográfica e análise de conteúdo sobre as práticas e estratégias educacionais utilizadas no ensino superior e nos Cursos Online Abertos e Massivos. Os resultados parciais mostram que a avaliação é capaz de motivar o engajamento dos estudantes e que grandes provedores de MOOCs como o Coursera e o edX têm investido em tecnologias automáticas para esse fim. No entanto, essas tecnologias não avaliam os estudantes a partir de competências. Portanto, elas não são suficientes para substituir a avaliação formativa baseada em competências que o professor é capaz de proporcionar por meio de rubricas.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67256

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Dados científicos abertos: identificando o papel das políticas de gestão e das agências de fomento (2019)

Autores: Monteiro, Gabriela (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Lucas, Elaine Rosangela de Oliveira (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC))

Assuntos: Dados Científicos Abertos; Agências de Fomento; Políticas de Dados Abertos; Gestão de Dados de Pesquisa;

Resumo: As transformações das práticas científicas apontam que a ciência vive um momento de atenção ao trabalho colaborativo e ao compartilhamento de dados de pesquisa, com o intuito de acelerar a construção de novos conhecimentos e aumentar a eficiência dos investimentos. Agências de fomento internacionais e brasileiras já iniciaram recomendações e exigências para que os projetos financiados incluam um plano de gestão de dados de pesquisa para o compartilhamento em acesso aberto. Em curto ou médio prazo, cada universidade ou centro de pesquisa precisará estar preparado para atender às exigências dos órgãos financiadores. Assim, esta pesquisa tem o objetivo principal de desenvolver um mapeamento das principais políticas institucionais das agências de fomento nacionais e internacionais na promoção do acesso aberto aos dados de pesquisas científicas desenvolvidas no Brasil. A revisão inicial da literatura contempla os temas da comunicação científica e do movimento de acesso aberto e ainda conceitos sobre dados científicos abertos e uma breve contextualização do fomento à pesquisa científica no Brasil. Com relação aos procedimentos metodológicos delineados, a pesquisa é considerada social aplicada no que ser refere a sua finalidade. Quanto ao objetivo central, terá característica exploratória e descritiva e, em relação aos procedimentos técnicos para obtenção dos dados, será realizada pesquisa bibliográfica-documental. A coleta e o tratamento dos dados para identificação das agências de fomento que farão parte da pesquisa documental foi iniciada em abril deste ano. Os dados foram obtidos com base na lista de bolsistas de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico vigentes em julho de 2017 e por meio da extração de informações sobre o financiamento de seus projetos, constantes na base de currículos acadêmicos da Plataforma Lattes. A pesquisa encontra-se na fase de submissão ao exame de qualificação.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67253

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Gestão das informações sobre treinamentos de agentes de segurança pública (2019)

Autores: Coelho Júnior, João Daniel (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Cândido, Ana Clara (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC))

Assuntos: Ciência da Informação; Gestão de Informação; Mapeamento de Competência; Treinamento; Segurança Pública;

Resumo: Os órgãos de segurança pública têm um papel fundamental na sociedade visando o bem-estar e segurança de todos. Os agentes de segurança pública devem ter competências (capacidades técnicas, físicas e psicológicas) em pleno vigor para servir a sociedade com êxito, sendo o treinamento continuado um elemento fundamental para toda sua vida laboral. A falta de treinamento constante destes agentes poderá gerar grandes perdas, incluindo o bem mais precioso: a vida. O objetivo geral deste projeto é estudar as formas de gerenciamento das informações de treinamento continuado num órgão de segurança pública federal específico, bem como propor um sistema de informação que auxilie os gestores no controle e auxilie em correções de eventuais falhas. Trata-se de uma pesquisa exploratória para diagnosticar e identificar a atual situação de um órgão federal de segurança quanto ao registro e gestão das informações de treinamento dos servidores. Na etapa de diagnóstico serão realizadas entrevistas semiestruturada com gestores de órgãos centrais em Brasília responsáveis pelas capacitações e desenvolvimento tecnológico. Além disto, a aplicação de questionário estruturado com perguntas fechadas e abertas, com foco em algumas unidades regionais (superintendências) por amostra. Um estudo de benchmarking estadual é pretendido também na etapa inicial. A revisão teórica do projeto centra-se em descrever fluxos informacionais de Gestão de Pessoas por Competências e a relação com os conceitos de “informação-como-processo” e “informação-como- conhecimento”, e os paradigmas cognitivo e social. Espera-se com a conclusão deste estudo, contribuir para a aplicação da gestão da informação nos treinamentos de órgãos de segurança pública, indicando práticas e instrumentos para a sua implementação.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67252

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Proposta para a construção de um ambiente de inovação para redes de telecomunicações suas contribuições para a manutenção do poder informacional do estado na segurança pública (2019)

Autores: Assumpção, Luciano Castilho (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)); Minghelli, Marcelo (Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC))

Assuntos: Telecomunicações; Segurança Pública; Inovação;

Resumo: A informação é um recurso empregado pelo Estado, para controlar indivíduos ou grupos sociais. Este, que é chamado de poder informacional do Estado é evidenciado nas ações Policiais na medida em a confidencialidade, integridade e disponibilidade são requisitos para as telecomunicações nas operações de segurança pública. Para tanto, se desenvolveu um segmento de mercado de telecomunicações denominado Missão Crítica, destinado a atender estes requisitos dos órgãos oficiais de segurança pública. A modalidade de telecomunicações por rádio é chamada de Professional Radio Mobile, e utiliza recursos de criptografia, modulação digital troncalizada em um processo que envolve a tecnologia, a organização e recursos humanos. Dadas as limitações desses agentes no processo, ideias de melhorias a partir das experiências de uso podem ser estimuladas, e de maneira estruturada, categorizada como informação obtida pela percepção de padrões, compor uma proposta que vise a construção de um ambiente de inovação na área de telecomunicações do órgão. Para isso, se pode fazer um estudo de caso a partir da análise de elementos pré- estruturais de infraestrutura (laboratórios, testes) recursos humanos (formados e capacitados em ações de compartilhamento dos aprendizados pelo uso) e fomento (recursos financeiros). Estas ações visam resultar em contribuições para a segurança da informação em operações policiais e assim, contribuir para a manutenção do poder informacional do Estado.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67260

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Sobrecarga de informação na tomada de decisão: legitimação de escalas e sua relação com a necessidade de cognição do decisor (2019)

Autores: Vieira, Icaro de Oliveira (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Razzolini Filho, Edelvino (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: Parâmetros psicométricos; Análise do comportamento; Legitimação de escalas;

Resumo: O desafio que se vislumbra para o processo decisório é a percepção da quantidade de informação como uma variável a ser controlada. A tomada de decisão do gestor, por sua vez, se vincula a sua base cognitiva. O presente trabalho tem como objetivo a busca de evidências de validade psicométrica, através das técnicas critério e construto, de dois instrumentos psicométricos para a mensuração da sobrecarga de informação na tomada de decisão e eventuais relações com a necessidade de cognição do decisor. Para a análise, se pretende apreciar uma amostra formada por estudantes de pós-graduação. Para a legitimação dos instrumentos se utilizará a técnica estatística denominada análise fatorial por ela possuir a capacidade de determinar o grau de influência de uma dada variável na explicação de um fator. Para o tratamento dos dados, se utilizará de diversos métodos estatísticos. Este estudo busca encontrar evidências acerca do impacto que a variável cognição do gestor experimenta na presença de sobrecarga de informação. Suas principais contribuições seriam: (i) a verificação da existência de sobrecarga de informação na tomada de decisão e eventual relação com a necessidade de cognição do decisor; (ii) a mensuração da sobrecarga de informação e a necessidade de cognição do decisor em situações caracterizadas no âmbito organizacional; (iii) elaboração de um quadro conceitual por meio do qual seja possível a visualização de eventual relação entre o volume de informação e a necessidade de cognição do tomador de decisão.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67257

Ver registro completo

Artigo
AtoZ novas práticas em informação e conhecimento - v.8 - n.1 - p.2819
Integração e gerenciamento de dados: uma proposta de aplicação em city information modeling (2019)

Autores: Martins, Igor Pereira (Universidade Federal do Paraná (UFPR)); Mendes Junior, Ricardo (Universidade Federal do Paraná (UFPR))

Assuntos: City Information Modeling; Cidades Inteligentes; Inovação Aberta;

Resumo: O presente projeto busca relatar os referenciais e metodologias a serem utilizados na construção de um trabalho de dissertação deste autor no programa de mestrado em Gestão da Informação na Universidade Federal do Paraná. Como proposta está o aprofundamento das discussões urbanas, onde mais especificamente será feito uso da ferramenta de City Information Modeling. Está presente neste um breve relato acerca das questões urbanas e dos setores que envolvem essa temática. Então é relatado sobre a necessidade de novos modelos para análise dos problemas que envolvem as cidades. É apresentado, dessa forma, a ferramenta de City Information Modeling como uma maneira de auxiliar no desenvolvimento de novas propostas e apresentação de soluções modernas às questões relacionadas à gestão urbana. Contudo, para um funcionamento eficiente de ferramentas deste tipo se faz necessário a integração dos mais diferentes tipos de dados gerados e disponibilizados nos espaços urbanos. Desta forma são feitas propostas metodológicas para posterior desenvolvimento do trabalho final onde será gerado um modelo de integração de dados para cidades, com uma aplicação deste modelo na cidade de Curitiba e possíveis implementações em outras cidades brasileiras, aprofundando as discussões sobre City Information Modeling e sobre novas formas de percepção de problemas urbanos para melhor modelagem de políticas públicas.

DOI: 10.5380/atoz.v8i1.67261

Ver registro completo

Refinar busca