Artigo
Liinc em Revista - v.15 - n.1 - p.275
Ciência da informação e humanidades digitais: diálogos possíveis de uma relação em desenvolvimento – artigos científicos no Brasil | Information science and digital humanities: possible dialogues of a developing relationship – scientific articles in Brazil (2019)

Autores: Siqueira, Marcelo Nogueira de (Arquivo Nacional (Brasil) Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro); Flores, Daniel (Universidade Federal Fluminense (UFF))

Resumo: RESUMO Compreendendo as humanidades digitais como um território transdisciplinar que objetiva a divulgação, circulação, valorização e preservação do conhecimento e da pesquisa, bem como do livre acesso aos seus dados e metadados através de ferramentas e possibilidades que a tecnologia e o ambiente digital proporcionam, e identificando a ciência da informação como um campo interdisciplinar que estuda a informação, seus fluxos e processos, das origens à sua transformação em conhecimento, percebe-se uma evidente área de interseção entre ambas. Todavia, em que bases essa relação vem se constituindo? O objetivo geral deste artigo é identificar a produção científica sobre humanidades digitais no âmbito da ciência da informação nos periódicos brasileiros da área. A pesquisa será exploratória em uma abordagem quali-quantitativa, iniciando-se pela revisão de literatura em ciência da informação e humanidades digitais que irá propiciar uma análise conceitual comparativa entre as duas áreas em questão. Em seguida, serão identificados os periódicos de ciência da informação no Brasil e os artigos publicados entre 2011 (data da publicação do Manifesto das humanidades digitais) e 2018, onde o termo “humanidades digitais” aparece no título do artigo, nas palavras-chaves e/ou no resumo. Após a identificação dos artigos, será feita uma análise dos autores e resumos. Espera-se com esta pesquisa a compreensão da relação entre ciência da informação e as humanidades digitais, mensurando a produção científica da primeira sobre a segunda, conhecendo seus atores e origens e analisando esta relação.Palavras-chave: Ciência da Informação: Humanidades Digitais; Periódico; Artigo Científico.ABSTRACT Understanding the digital humanities as a transdisciplinary territory that aims at the dissemination, circulation, valuation and preservation of knowledge and research, as well as free access to its data and metadata through tools and possibilities that technology and the digital environment provide and identifying the Information Science as an interdisciplinary field that studies the information, its flows and processes, from the origins to its transformation into knowledge, one perceives an evident area of intersection between both. However, on what bases is this relationship being constituted? The general objective of this article is to identify the scientific production on Digital Humanities in the scope of Information Science in the Brazilian periodicals of the area. The research will be exploratory in a qualitative-quantitative approach, starting with a literature review in Information Science and Digital Humanities that will provide a comparative conceptual analysis between the two areas in question. Next, we will identify the periodicals of Information Science in Brazil and the articles published between 2011 (date of publication of the Manifesto of the Digital Humanities) and 2018, where the term digital humanities appears in the title of the article, in the keywords and / or in the abstract. After the identification of the articles, an analysis of the authors and abstracts will be made. This research is expected to understand the relationship between information science and the digital humanities, measuring the scientific production of the first and second, knowing their actors and origins and analyzing this relationship.Keywords: Information Science; Digital Humanities; Periodical; Scientific Article.

DOI: 10.18617/liinc.v15i1.4563

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
237 14 33 284

Artigo
RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.14 - n.2 - p.83
Nas estantes das bibliotecas, gêneros e silêncios (2018)

Autores: Ishimoto, Adonai Takeshi (Universidade de São Paulo (USP)); Garcia, Dantielli Assumpção (Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE); Sousa, Lucília Maria Abrahão (Universidade de São Paulo (USP))

Assuntos: Bibliotecas; LGBT; Análise de Discurso; Gênero;

Resumo: Partindo da perspectiva teórica da Análise de Discurso (PÊCHEUX, [1975] 1995), analisaremos como a ausência/presença de livros LGBT em duas bibliotecas particulares abertas ao público da cidade de Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo, faz presente um discurso médico-religioso que impõe a matriz heterossexual como normal, aceitável aos sujeitos, impedindo que outros dizeres sobre os sujeitos LGBT estejam nos livros ali representados.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
194 56 3 253

Artigo
Informação & Informação
Perfil e lugar dos arquivos privados institucionais em entidades custodiadoras cariocas (2019)

Autores: Terrada, Gabriela Ayres Ferreira (Fundação Biblioteca Nacional, BNDigital); Fonseca, Vitor Manoel Marques da (Universidade Federal Fluminense, Instituto de Arte e Comunicação Social)

Assuntos: Ciência da Informação; Arquivologia; Arquivos Privados. Arquivos privados de entidades coletivas. Arquivo permanente. Patrimônio documental.

Resumo: Introdução: A ausência de reflexão na área arquivística sobre arquivos privados de entidades coletivas impõe do estudo de “seu lugar” no atual contexto brasileiro e nas entidades de guarda e preservação da memória nacional. Objetivo: Investigar o perfil e o lugar dos arquivos privados de entidades coletivas em entidades custodiadoras de acervo arquivístico da cidade do Rio de Janeiro. Metodologia: Pesquisa exploratória e descritiva sobre o perfil e o lugar desses arquivos com base nas instituições cariocas presentes no Cadastro Nacional de Entidades Custodiadoras de Acervos Arquivísticos com sites e guias online, para quantificar e identificar os arquivos privados de entidades coletivas custodiados. Resultados: Análise dos arquivos de entidades coletivas privadas custodiados face ao número de arquivos privados pessoais, as características que possuem e a sua categorização em termos temáticos e de atividades desempenhadas por seus produtores. Conclusões: Fraca presença de arquivos de entidades coletivas privadas nas instituições de memória cariocas, inexistência de políticas de aquisição para esse tipo de acervos e risco de graves lacunas no patrimônio documental nacional. 

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
121 82 2 205

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação - v.9 - n.2
A produção científica da UFPA sobre conhecimentos tradicionais (2018)
The UFPA scientific production on traditional knowledge

Autores: Dantas, Cleide Furtado Nascimento; Benchimol, Alegria Celia; Barros, Thiago Henrique Bragato; Moraes, João Batista Ernesto de

Assuntos: Scientific production; Traditional knowledge; Speech analysis; Federal University of Pará; Produção científica; Conhecimentos tradicionais; Análise do discurso; Universidade Federal do Pará

Resumo: É uma pesquisa que investiga a produção científica da Universidade Federal do Pará (UFPA) sobre conhecimentos tradicionais, a partir das teses e dissertações disponíveis no Banco de Teses da Capes, a fim de verificar como o tema tem sido abordado na instituição. Utiliza para a análise dos dados, a análise do discurso de linha francesa e aportes da bibliometria, constituindo-se num estudo quali-quantitativo. Os resultados indicam que o tema é atual e de interesse para a UFPA, em diversas áreas do conhecimento. Verificam também que as discussões locais sobre a temática acompanham o contexto das abordagens nacional e internacional, contudo tendo características próprias relacionadas à localização onde a instituição está inserida, a região amazônica. Finalmente, concluem que a análise da produção científica de uma instituição se mostra promissora para a compreensão de como determinados temas têm sido abordados, neste caso, os conhecimentos tradicionais.

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v9i2p48-70

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
121 62 2 185

Artigo
RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.15 - n.2 - p.90
Bibliotecas circulantes na Inglaterra industrial: práticas biblioteconômicas e sua atuação como novo ambiente de distribuição e circulação de informação (2019)

Autores: Salomão, Amanda Christina (Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia em convênio com a Universidade Federal do Rio de Janeiro (IBICT-UFRJ)); Alentejo, Eduardo da Silva (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO))

Assuntos: Circulating libraries; Librarianship practices; Inclusion of woman; Book economy; Industrial Revolution

Resumo: Trata sobre as bibliotecas circulantes e sua atuação como novo ambiente de distribuição e circulação de informação na Revolução Industrial inglesa. Analisa suas origens, desenvolvimento e práticas biblioteconômicas no contexto da nova configuração da economia do livro, proporcionada pela mecanização da imprensa. Especificamente, considera a participação e contribuição das bibliotecas circulantes, entendidas como estabelecimentos voltados para a locação de livros, para os desenvolvimentos posteriores no campo biblioteconômico, bem como a inclusão da mulher na cadeia produtiva do livro. Segundo abordagem qualitativa, adotou-se a pesquisa bibliográfica, norteada pelos aportes da bibliografia textual. Inferiu-se que essas bibliotecas foram fundamentais para estimular o gosto e proporcionar o acesso ao livro e à leitura às mulheres que, anteriormente, se viam praticamente fora do círculo de interesse da produção e transmissão de informação e conhecimento. Conclui que esses estabelecimentos são entendidos como modelos precedentes de muitas práticas adotadas nas bibliotecas até os dias de hoje.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
133 36 11 180

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Desafios e possibilidades da atividade mediadora do bibliotecário na normalização de trabalhos acadêmicos: o uso do LaTeX (2018)
Challenges and possibilities of the librarian’s mediation role to standardize academic works: using the LaTeX

Autores: Santos, Francisco Edvander Pires; Lima, Juliana Soares; Rodrigues, Ednardo Moreira; Santos, Izabel Lima dos; Feitosa, Kalline Yasmin Soares

Assuntos: Information Science; Standardization of academic works; Text editor; Bibliographic styles; Reference managers; BibTeX format; LaTeX (software); Ciência da Informação; Biblioteconomia

Resumo: This study presents the librarian’s role in front of new users’ demand for which it has made necessary to know tools that have been available, as the LaTeX. In this respect, it aims to introduce and motivate librarians and students to use the LaTeX by understanding it under its structure and as a resource that has been used by the users of academic libraries in their works. So it was made a bibliographic research to apply the concepts through an action research, which was based on two strategies to collect data: from the observation of the structure of theses and dissertations on Physics and from tests that were made by using some LaTeX editors. This paper also discusses the importance of standardizing academic works by using the LaTeX and encouraging librarians to carry it out. Then, the main functions of the LaTeX are presented as a tool developed to edit complex texts and to define commands for citations and bibliographical references through the BibTeX format and the reference manager called JabRef. Thus, this study presents a proposal of template which was structured on ShareLaTeX, which is available online to edit and to share complex text. The template was developed according to the Brazilian standardization, which is managed by the Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), focusing on contributing to format technical and scientific works. Finally, it points out the importance of librarians to be prepared to attend new demand from users, mainly referring to the new ways to standardize academic works, taking the LaTeX as an example to be understood by librarians and to be used in academic libraries, according to specificities of each area of knowledge.

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v9i1p25-51

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
127 38 9 174

article
Revista ACB - v.24 - n.1 - p.70
Patrimônio bibliográfico: a experiência de uma biblioteca de museu narrada por seus profissionais (2019)

Autores: Silveira, Clarissa Afonso (Museu dos Capuchinhos do Rio Grande do Sul (MusCap)); Troglio, Lucas (Rede Municipal de Ensino de Caxias do Sul.)

Assuntos: Museu dos Capuchinhos; Biblioteca; Livros raros; Ações educativas;

Resumo: O texto trata da experiência de um ano de atividades na Biblioteca do Museu dos Capuchinhos do Rio Grande do Sul, Brasil. O objetivo deste artigo foi refletir sobre as possibilidades de ampliação do envolvimento do variado público do Museu com o seu acervo de livros raros, através de ações educativas franqueadas à comunidade. Nesse sentido, apresentam-se os recursos humanos e materiais do Museu e da sua Biblioteca e as particularidades técnicas e políticas com respeito ao trabalho envolvendo o patrimônio cultural. Como conclusão, evidencia-se a necessidade de um esforço permanente para ajudar a comunidade a melhor conhecer e interagir com o acervo da Biblioteca do Museu, como determina a missão da instituição.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
96 24 29 149

Artigo
Cadernos de Informação Jurídica (Cajur) - v.5 - n.2 - p.11
Contra o preconceito: escrita e leitura dentro e fora: algumas experiências milanesas (2018)

Autores: Secchi, Roberta

Assuntos:

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
106 30 8 144

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.12 - n.1 - p.83
‘Valor-saúde’: critérios epidemiológicos potenciais para a comunicação e saúde (2018)

Autores: Cavaca, Aline Guio (Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória, ES,); Vasconcellos-Silva, Paulo Roberto (Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca. Rio de Janeiro, RJ,); Emerich, Tatiana Breder (Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória, ES,); dos Santos-Neto, Edson Theodoro (Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória, ES,); Oliveira, Adauto Emmerich (Universidade Federal do Espírito Santo. Vitória, ES,)

Assuntos: health communication; indicators of morbidity and mortality; public health; mass media; epidemiology;

Resumo: O estudo objetiva desenvolver critérios de prioridades potenciais para comunicação e saúde (‘valor-saúde’), a partir da análise de políticas de saúde e de dados de morbimortalidade do Espírito Santo (ES, Brasil). Foi realizada uma pesquisa documental a partir de dados de 2011 e 2012. Tais dados foram coletados em documentos sobre prioridades políticas estaduais e nos sistemas de informação em saúde, e hierarquizados segundo critério decrescente de causas de mortalidade, morbidade e notificação, além da coincidência da doença em mais de uma política selecionada. O ‘valor-saúde’ evidencia condições mórbidas idealmente prioritárias na pauta midiática do ES: doenças isquêmicas do coração, cerebrovasculares, pneumonia, neoplasias, tuberculose, hanseníase, esquistossomose e dengue. Ele destaca a persistência de doenças relacionadas às condições sociossanitárias precárias, além de sífilis em gestantes, Aids, diabetes e coqueluche. Dessa maneira, o ‘valor-saúde’ atua como critério relevante de publicização e midiatização de problemas públicos, a fim de pautar debates na sociedade

DOI: 10.29397/reciis.v12i1.1296

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
99 19 10 128

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.12 - n.4 - p.87
Adaptação cultural da ferramenta de avaliação de comunicação em saúde (HCAT) para a língua portuguesa, Brasil (2018)

Autores: Reis, Nélida Beatriz Caldas dos (Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. São Paulo, SP); Góes, Fernanda Santos Nogueira (Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto. São Paulo, SP); Aredes, Natália Del'Angelo (Universidade Federal de Goiás, Faculdade de Enfermagem. Goiânia, GO); Campbell, Suzanne Hetzel (Universidade da Colúmbia Britânica, Escola de Enfermagem, Vancouver)

Assuntos: Nursing education; Health Communication; Patient safety; Training by simulation; Validation studies;

Resumo: Este estudo tem como objetivo descrever o processo de adaptação cultural da ferramenta Health Communication Assessment Tool (HCAT) para o Brasil. A HCAT é uma escala que avalia comportamentos de comunicação em simulação clínica. Trata-se de uma pesquisa metodológica, desenvolvida em instituição de ensino superior por meio das seguintes etapas: tradução da ferramenta para a língua portuguesa; avaliação por um comitê de juízes; retrotradução; e avaliação semântica. Todas as etapas do processo de adaptação cultural foram rigorosamente seguidas, garantindo equivalências semânticas, idiomáticas, culturais e conceituais entre a versão original e a brasileira, além de concordância superior a 70% dos professores de enfermagem das regiões Nordeste, Sudeste e Sul que participaram da última etapa, ou seja, da avaliação semântica. Conclui-se que a versão brasileira do HCAT foi adaptada culturalmente e poderá avaliar a habilidade de comunicação de estudantes de enfermagem em cenário de simulação clínica.

DOI: 10.29397/reciis.v12i4.1501

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
70 18 37 125

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação - v.9 - n.1
Entre o tipo e a norma: reflexões sobre o comportamento do designer gráfico no ambiente acadêmico (2018)
Somewhere between the type and the norm: reflections on the behavior of the graphic designer in the academic environment

Autores: Mendonça, Ismael Lopes; Feitosa, Luiz Tadeu; Costa, Maria de Fátima Oliveira

Assuntos: Information Science; Graphic design – social aspects; Cultural mediation; Normalization. Scientific documentation; Regime of information; Ciência da Informação

Resumo: This exploratory research seeks to understand how graphic designers, specialists in mediating information by the symbolic aspect of typography, behave dealing with the ordaining mechanisms of the scientific text. The assumption is that normative conventions, in establishing a standardized aesthetic, restrain the significant potential of types towards preconceived models. In view of this, we want to know how designers working at the academic environment deal with this issue, whether they resist the standardization service and what solutions can be presented in order to improve or change current standards. In the field, we chose to work with the Facebook™ group so called “Professores de Tipografia” (Typography Teachers), as it gathers teaching designers from different Brazilian institutions, as well as some international ones. They were provided a digital questionnaire created by Google Forms™, whose content of the answers was analyzed based on the concept of information regime by Frohmann (1995) and González de Gómez (2012). By the data obtained from the questionnaire, it is perceived that the actions and the opinions of the deponents present marks of the scientific ordaining regime, configuring to them an academic behavior conditioned by the norm, in spite of their abilities as visual communicators. It is concluded that chained to this system, the deponents not only follow the normative prescriptions, but reinforce them, expanding the consolidated regulatory power in the structural rigidity of the text, and also in the objective writing and the operational functionality of the means that retain and retrieve the information.

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v9i1p72-92

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
69 34 4 107

Artigo
Encontros Bibli revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação - v.24 - n.55 - p.2799
A Cultura organizacional e o direito à informação (2019)

Autores: Gama, Merabe Carvalho Ferreira da (Universidade Federal Rural da Amazônia); Mattos, Carlos André Corrêa de (Universidade Federal do Pará (UFPA)); Aguiar, Ana Larissa Costa (Universidade Federal do Pará (UFPA))

Assuntos: Organizational Culture; Access to public information; Public transparency

Resumo: Objetivo: Analisa o acesso à informação pública sob a ótica da cultura organizacional de uma universidade pública, buscando saber se as instituições de ensino, mesmo afeitas à produção e disseminação de informações sistematizadas na forma de conhecimento, revelam uma cultura organizacional diferente quando se trata de informações públicas.Método: A pesquisa de campo, com abordagem quantitativa foi realizada com professores e técnicos do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Pará e revelou os seguintes fatores de influência: Legitimidade da Administração Pública,Resultado: Utilização Indevida da Informação Pública e Perda do controle da informação, em dois grupos: um favorável à política de amplo acesso às informações e outro que se mostrou reticente quanto à divulgação das informações.Conclusões: Embora os entrevistados percebam a política de amplo acesso às informações públicas como um avanço na perspectiva social, ainda persiste na cultura organizacional a perspectiva do segredo e da propriedade da informação pública. 

DOI: 10.5007/1518-2924.2019.e58115

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
75 23 7 105

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.12 - n.4 - p.87
Teleconsultoria na atenção primária no norte de Minas Gerais: cenário e fatores associados à não utilização por médicos (2018)

Autores: Damasceno, Renata Fiúza (Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, MG); Caldeira, Antônio Prates (Universidade Estadual de Montes Claros. Montes Claros, MG)

Assuntos: Telemedicine; Primary health care; Health manager; Motivation strategies; Structural barriers;

Resumo: Este artigo objetiva descrever o cenário e identificar fatores associados à não utilização da teleconsultoria pelos médicos da atenção primária na macrorregião Norte de Minas Gerais. Trata-se de um estudo transversal. Para a coleta de dados, foi direcionado um questionário autoaplicado, previamente testado, aos gestores municipais de todos os municípios dessa área. Após análises bivariadas para identificação dos fatores associados à não utilização da teleconsultoria, foi empregada regressão de Poisson com variância robusta. Participaram do estudo 86 gestores municipais de saúde. Importantes barreiras estruturais à implementação da teleconsultoria foram identificadas: falta de computadores com acesso à internet nas unidades básicas de saúde (76,7%) e a qualidade insatisfatória de conexão da internet (16,3%). Na análise múltipla dos fatores associados, apenas a falta de estratégias de motivação por parte dos gestores mostrouse associada (p<0,007; RP=2,19; IC-95%:1,24-3,86) à não utilização da teleconsultoria. Os resultados reforçam o papel do gestor de saúde na promoção do uso do serviço de teleconsultoria na atenção primária.

DOI: 10.29397/reciis.v12i4.1312

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
68 31 6 105

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.13 - n.1 - p.88
Recursos humanos em saúde: do processo intuitivo ao People Analytics (2019)

Autores: Francisco, Quevellin Alves dos Santos (Universidade Federal de Alfenas. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Alfenas, MG); Silva, Thais Oliveira da (Universidade Federal de Alfenas. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Alfenas, MG); Martinez, Maria Regina (Universidade Federal de Alfenas. Programa de Pós-Graduação em Enfermagem. Alfenas, MG)

Assuntos: Human resources; Big Data; Nursing; Management; People Analytics;

Resumo: A análise de pessoas é uma ferramenta útil na investigação comportamental e na indicação de estratégias que potencializam a eficiência de colaboradores na realização dos seus encargos. Nessa perspectiva, o presente trabalho teve como objetivo explorar o potencial de análise da ferramenta de dados Big Data a partir do People Analytics para a área da saúde. Em vista disso, foram analisados os perfis dos profissionais da área de enfermagem a fim de examinar os benefícios do dispositivo para a gestão de recursos humanos em saúde e, assim, fomentar sua implementação.

DOI: 10.29397/reciis.v13i1.1370

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
47 3 35 85

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.12 - n.4 - p.87
Metodologias colaborativas não extrativistas e comunicação: articulando criativamente saberes e sentidos para a emancipação social (2018)

Autores: Fasanello, Marina Tarnowski (Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Núcleo Ecologias, Epistemologias e Promoção Emancipatória da Saúde. Rio de Janeiro, RJ); Nunes, João Arriscado (Universidade de Coimbra, Centro de Estudos Sociais. Coimbra); Porto, Marcelo Firpo (Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sérgio Arouca, Centro de Estudos em Saúde do Trabalhador e Ecologia Humana. Rio de Janeiro, RJ)

Assuntos: Communication; Qualitative methodology; South epistemology; Narrative interviews; Art;

Resumo: Este artigo discute a proposição de metodologias colaborativas não extrativistas e sua relação com a comunicação a partir da obra de Boaventura de Sousa Santos. Partindo de autores como Orlando Fals Borda e Paulo Freire, Santos questiona as metodologias qualitativas que extraem conhecimentos apartados das lutas sociais e não reconhecem os saberes dos sujeitos investigados. A partir desse referencial e de uma pesquisa sobre documentários produzidos no contexto das lutas sociais contra os agrotóxicos e pela agroecologia, buscamos levantar possibilidades metodológicas relacionais que apontem para processos de co-labor-ação e co-criação. A construção de novas narrativas e conhecimentos dilui fronteiras entre ciência e arte, ao mesmo tempo que resgata e avança na perspectiva freiriana da comunicação enquanto um tornar comum. Entrevistas narrativas e contação de histórias da literatura oral são exemplos dados no artigo que apontam para uma abordagem teórico-poética como alternativa.

DOI: 10.29397/reciis.v12i4.1527

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
32 4 49 85

Artigo
InCID Revista de Ciência da Informação e Documentação
Os acervos privados de presidentes da República no Brasil (2019)
The private archives of presidents of the Republic

Autores: Lopes, Bruna Pimentel; Rodrigues, Georgete Medleg

Assuntos: Private archives; Presidential private archives; Archival legislation; Acervos privados; Acervos privados de presidentes; Legislação Arquivistica

Resumo: Considerando as discussões atuais sobre as formas de constituição, organização e preservação de acervos privados de presidentes da República, este artigo tem como propósito sistematizar os aspectos teóricos e legais relacionados a esses arquivos, de modo a recuperar os estudos sobre a temática, procedendo-se, para tanto, ao método de revisão de literatura. Observa-se que desde a década de 1980 o Brasil tem adotado medidas que viabilizem a guarda dos acervos privados presidenciais, o que ocasionou, dentre outras providências, a promulgação da Lei 8.394/91 e seu respectivo Decreto de regulamentação. Conclui-se que a legislação em vigor possui lacunas a respeito da composição e conservação desses acervos. O Estado brasileiro, por sua vez, carece de políticas mais efetivas relacionadas às formas de consulta e acesso aos acervos privados de presidentes da república, tendo em vista, inclusive, os conflitos entre os interesses individuais e coletivos.

DOI: 10.11606/issn.2178-2075.v10i1p64-80

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
65 12 5 82

Artigo
Perspectivas em Ciência da Informação - v.23 - n.3 - p.185
Inteligência competitiva e capacidade de inovação: uma análise de uma indústria de classe mundial no setor automotivo de veículos pesados (2018)

Autores: Vidigal, Frederico (Professor dos Programas de Pós-Graduação da Fundação Dom Cabral. Pesquisador do Pós-Doutoramento Cepead/UFMG/ISEG Lisbon School of Economics & Management); Gonçalves, Carlos Alberto (Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)); Silva, Joaquim Ramos (Professor e Investigador do ISEG Lisbon School of Economics & Management - Universidade de Lisboa)

Assuntos: Inteligência Competitiva, Inovação; Indústria automotiva; produtos; processos;

Resumo: O presente artigo objetivou analisar a Inteligência Competitiva no contexto da Inovação em uma indústria global do setor automotivo de veículos pesados. Procurou-se demonstrar até que ponto a inteligência competitiva tem sido tratada como um driver de inovação, no sentido de provocar mudanças no comportamento de uma empresa, envolvendo o lançamento de produtos e ações de pesquisa e desenvolvimento. Metodologicamente, a pesquisa qualitativa e descritiva utilizou-se de instrumentos de coleta como entrevistas em profundidade com gestores das áreas de “Inteligência Competitiva e de Mercado”, “Gestão Comercial e Operações”, “Gerência de Produto” da empresa além de pesquisa documental. Como resultados, detectou-se um latente investimento em novos produtos de base tecnológica, oriundos de parcerias com universidades européias, embasadas pela interação entre as atividades de Inteligência Competitiva e Inovação. Nesse contexto, ao mesmo tempo em que a indústria analisada demonstra sua busca constante por processos mais ágeis, são relatados processos aplicados no sentido de atingir o maior alinhamento com os mercados atendidos e até a antecipação de movimentos de inovação com base em sustentabilidade e eficiência operacional. Os estudos demonstraram ainda os esforços realizados pela empresa para entender a demanda de consumidores e a busca por informações e relacionamento duradouros com clientes.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
65 10 1 76

Artigo
Revista Eletrônica de Comunicação, Informação e Inovação em Saúde - v.13 - n.1 - p.88
O salutarismo de Robert Crawford e as atualizações do autoritarismo sanitário nosso de cada dia. (2019)

Autores: Moraes, Danielle Ribeiro de (Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ); Castiel, Luis David (Fundação Oswaldo Cruz, Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca. Rio de Janeiro, RJ)

Assuntos: Healthism; Public health; Neoliberalism; Health promotion; Medical discourse;

Resumo: Neste ensaio, exploramos possibilidades de uso do conceito de salutarismo (healthism), conforme abordado por Robert Crawford em 1980. Enfatizamos a dimensão individualizante explorada no desenvolvimento deste conceito e a situamos como um aspecto central no discurso médico, que opera na base das ações relacionadas à ideia dominante sobre promoção da saúde. Esta centralidade ocupa um lugar estratégico na atualidade, na medida em que enseja práticas de uma moralidade sanitária despolitizadora e autoritária, condizentes com a racionalidade neoliberal.

DOI: 10.29397/reciis.v13i1.1731

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
5 0 68 73

article
RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.15 - n.3 - p.91
Presença da disciplina História do Livro nos currículos dos cursos de Biblioteconomia do Brasil nos anos de 1978 e 2018 (2019)

Autores: Silva, Leonardo Gonçalves (Universidade de São Paulo (USP)); Oliveira, Lúcia Maciel Barbosa de (Universidade de São Paulo (USP))

Assuntos: Librarianship Teaching; Librarianship Curriculum; History of the book;

Resumo: A grade curricular dos cursos de Biblioteconomia no Brasil é composta tanto por disciplinas técnicas, relativas ao fazer profissional do bibliotecário, como disciplinas de caráter humanístico e cultural. Nessas últimas se insere a História do livro (e das bibliotecas), uma das mais antigas no currículo do curso e de grande importância para a formação do bibliotecário. Partindo deste pressuposto, esta pesquisa realizou um levantamento da presença da disciplina nas grades curriculares dos cursos em dois momentos (1978 e 2018), além de revisão de literatura sobre História do livro e sobre o desenvolvimento do ensino da disciplina nos currículos de Biblioteconomia. Os dados levantados mostraram que nos dois períodos quase todos os cursos possuíam a disciplina em seus currículos, ainda que com diferentes nomes.

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
59 8 3 70

Artigo
Ciência da Informação em Revista - v.6 - n.2 - p.448
Relações de poder entre gêneros no ambiente organizacional: uma análise da representação feminina nas empresas de Tecnologia da Informação (TI) de Porto Alegre - RS (2019)

Autores: Camargo, Francielle Piffero (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Tannhauser, Cláudia Lehnemann (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Biegelmeyer, Uiliam Hahn (Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS)); Camargo, Maria Emilia (Universidade de Caxias do Sul (UCS)); Bernardi, Flávia Camargo (Universidade de Caxias do Sul (UCS)); Craco, Tânia (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS))

Assuntos: TI, Relação de Poder,Gênero,Empoderamento

Resumo: Este artigo traz o resultado da análise das relações de poder entre gêneros e a representatividade feminina das empresas de tecnologia da informação (TI) de Porto Alegre - RS. Apesar de certos avanços de equidade entre gêneros, a desigualdade ainda está presente nas organizações. O estudo analisou o motivo que impede o ingresso e a permanência das mulheres na TI e também investigou sua atual inserção, atuação e relações de poder no mercado de tecnologia da informação. Na pesquisa qualitativa exploratória, foram entrevistadas 10 mulheres que trabalham na área de TI. Como instrumento de coleta de dados, foi utilizada a entrevista com roteiro de perguntas semiestruturada. A análise dos dados foi feita mediante análise de conteúdo. Os resultados apontaram para o fato de que ainda existem diferenças de gênero significativas na área de TI, seja no ambiente acadêmico, que leva à desistência da maioria das mulheres, quanto no ambiente organizacional e nas práticas e relações do dia a dia, que colocam a mulher em uma situação subalterna e discriminatória.

DOI: 10.28998/cirev.2019v6n2d

Ver registro completo

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
52 14 4 70

Refinar busca