Artigo
Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação - v.14 - n.2 - p.83
Nas estantes das bibliotecas, gêneros e silêncios (2018)

Autores: Ishimoto, Adonai Takeshi (Universidade de São Paulo (USP)); Garcia, Dantielli Assumpção (Programa de Pós-Graduação em Letras da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - UNIOESTE); Sousa, Lucília Maria Abrahão (Universidade de São Paulo (USP))

Assuntos: Bibliotecas; LGBT; Análise de Discurso; Gênero;

Resumo: Partindo da perspectiva teórica da Análise de Discurso (PÊCHEUX, [1975] 1995), analisaremos como a ausência/presença de livros LGBT em duas bibliotecas particulares abertas ao público da cidade de Ribeirão Preto, interior do estado de São Paulo, faz presente um discurso médico-religioso que impõe a matriz heterossexual como normal, aceitável aos sujeitos, impedindo que outros dizeres sobre os sujeitos LGBT estejam nos livros ali representados.

Interações no Facebook
Reactions Comentários Compartilhamentos Total
194 56 3 253

Exportar registro bibliográfico

Desenvolvido usando software livre RPPBCI